Dado Cavalcanti minimiza retrospecto recente do Bahia contra o Ceará

Dado Cavalcanti minimiza retrospecto recente do Bahia contra o Ceará

Em busca de seu primeiro título de Copa do Nordeste, comandante do Esquadrão de Aço reforçou necessidade de fazer um grande jogo neste sábado para sair campeão.

Coletiva de imprensa da Final da Copa do Nordeste - Ceará x Bahia em Fortaleza Coletiva de imprensa da Final da Copa do Nordeste - Ceará x Bahia em Fortaleza
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Em busca de seu primeiro título da Copa do Nordeste, o técnico Dado Cavalcanti, do Bahia, mostrou tranquilidade para a final deste sábado. Mesmo em desvantagem após perder o primeiro jogo, o treinador confia na capacidade que o Esquadrão tem para reverter a decisão. E o primeiro passo para isso é, justamente, não se preocupar tanto com o que já aconteceu.

Na entrevista coletiva oficial da final, o técnico do Bahia minimizou a vantagem construída pelo Ceará no primeiro jogo e projetou um Bahia tranquilo para a decisão deste sábado.

"Primeiro de tudo, esquecer de tudo isso. O mais importante vai ser a abordagem no jogo de amanhã. Essa estratégia (de propor o jogo) talvez seja natural do Bahia, da forma que ele vem fazendo seus jogos. Claro que em um confronto como esse, temos uma margem de erro muito menor. É necessário ofensividade, é importante ter uma defesa bem organizada. Mas vencer o jogo é ter mais gols do que o adversário", analisou Dado.

Além da derrota no primeiro jogo, o Bahia carrega também um retrospecto desfavorável contra o Ceará. Foi para o Vozão que o Tricolor perdeu a final da Copa do Nordeste em 2020, mesmo resultado de quando os dois times se enfrentaram na decisão em 2015. No comando do Esquadrão desde o fim da temporada passada, porém, Dado desconsiderou o impacto desse histórico.

"Essa condição não entra em campo, não nos oferece nenhum tipo de desconforto, pelo simples fato de entendermos que esse retrospecto é a médio, longo prazo. O que importa é o último jogo, em que não conseguimos êxito, mas temos 90 minutos para reverter. Esse é o nosso entendimento, sabemos da dificuldade, da qualidade do adversário, mas o título está aberto", frisou.

Vivendo a expectativa por seu primeiro título de Copa do Nordeste, o técnico do Bahia garantiu estar bem tranquilo para a decisão. A ansiedade e o nervosismo sempre existem, mas desta vez foram amenizados pelo momento que o treinador vive com o clube.

"Eu estou bem, tranquilo, bem confiante, dormindo bem, por entender que tudo que era para ser feito foi feito. Visualizo, sim, como um excelente momento, tive bons momentos na minha carreira, momentos de conquista, de confiança. Estou vivendo uma sintonia bacana com o Bahia, minha expectativa é que a gente consiga ter êxito, porque é isso que nos deixa marcados com qualquer equipe", ressaltou.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil