Roth celebra sequência do Vasco, mas não quer acomodação no 2º tempo

Roth celebra sequência do Vasco, mas não quer acomodação no 2º tempo

Técnico exalta primeiro tempo da equipe, mas aponta erros contra o América-RN

Celso Roth não quer o Vasco repetindo os erros do 2º tempo contra o América de Natal

Créditos: Paulo Fernandes / Vasco

Três jogos e três vitórias. O Vasco emplacou uma boa sequência de resultados positivos nessa última semana. Após triunfos no Rio de Janeiro contra o América-RN (3 a 1) e Fluminense (2 a 1), o Gigante da Colina ganhou novamente do time potiguar (3 a 2), na Arena das Dunas. A vitória garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil e motivou o time para o confronto contra o Palmeiras, na próxima rodada do Brasileirão.

Com dois gols marcados no primeiro tempo, sofrendo quase nenhum perigo, o Vasco encaminhou bem a sua vaga. O América-RN voltou com tudo na segunda etapa, empatou e chegou a assustar os vascaínos, que venceram com um gol de Rafael Silva. 

– Não deixa de ser uma vitória importante. Ganhamos lá e aqui. Conseguimos complicar o jogo por erros nossos, infelizmente. Fizemos um belo primeiro tempo. No segundo, facilitamos e veio a infelicidade do goleiro do América-RN. Afrouxamos a marcação, mas é compreensível pela sequencia de jogos. Saímos classificados e já vamos pensando no Palmeiras – disse o técnico Celso Roth.

Questionado sobre  o uso de três volantes (Serginho, Guiñazu e Anderson Salles), o treinador deu uma explicação técnica e disse que a avaliação do esquema tático acontece a cada jogo.

– Usamos os três volantes, pois tenho dois que sabem jogar. O Serginho já jogou comigo assim no Atlético-MG. O segundo tempo dele foi muito bom, até com chance de gol. É uma questão de adaptação, tudo é momento no futebol. Fazemos as coisas de acordo com adversário. Estamos bem, temos essa opção e vamos aproveitar quando pudermos e acharmos que isso deve ser feito.

O técnico celebrou a vitória importante contra o América-RN, mas reclamou da acomodação do time no início da segunda etapa.

– Isso é ruim, mas esse grupo tem demonstrado desde que chegamos aqui, muito ímpeto e atitude de fazer essas coisas acontecerem. Esses jogadores foram campeões cariocas. Isso não é qualquer coisa, é muito importante. Começamos a competição, talvez, um pouco empolgados e tivemos um início ruim. Eles tomaram consciência de que temos que mudar. Temos que manter esse perspectiva para o time sempre se manter ajustado.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Vasco enfrenta o Palmeiras, no domingo (26), às 18h30, em São Januário.

Fonte: Site Oficial do Vasco

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações