São Paulo é bicampeão da Copa do Brasil Sub-20

São Paulo é bicampeão da Copa do Brasil Sub-20

Após vencer o jogo de ida por 3 a 1, Tricolor empata em 2 a 2 com o Bahia em Salvador e conquista o título nacional pela segunda vez consecutiva

São Paulo campeão da Copa do Brasil Sub-20 2016

São Paulo campeão da Copa do Brasil Sub-20 2016

Créditos: Rener Pinheiro / CBF

Final da Copa do Brasil Sub-20 - Bahia x São Paulo

Final da Copa do Brasil Sub-20 - Bahia x São Paulo

Créditos: Rener Pinheiro / CBF

Lucas Perri - São Paulo Sub-20

Lucas Perri - São Paulo Sub-20

Créditos: Rener Pinheiro / CBF

São Paulo Sub-20 - Final da Copa do Brasil Sub-20

São Paulo Sub-20 - Final da Copa do Brasil Sub-20

Créditos: Rener Pinheiro / CBF

São Paulo campeão da Copa do Brasil Sub-20 2016

São Paulo campeão da Copa do Brasil Sub-20 2016

Créditos: Rener Pinheiro / CBF

Taça da Copa do Brasil Sub-20

Taça da Copa do Brasil Sub-20

Créditos: Rener Pinheiro / CBF

Com uma campanha irretocável, acumulando sete vitórias e dois empates, o São Paulo se sagrou bicampeão da Copa do Brasil Sub-20 2016. Após o triunfo por 3 a 1 no jogo de ida da final, o Tricolor segurou o empate em 2 a 2 com o Bahia, nesta quinta-feira (8), em Salvador, e, assim como em 2015, conquistou o título do torneio nacional.

Empurrado por sua torcida, que compareceu em bom número no Pituaçu, o Esquadrãozinho iniciou a partida pressionando o São Paulo. Precisando vencer por dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis, o time da casa tentou encurralar o adversário, mas foram os paulistas que balançaram as redes na primeira etapa.

Aos 22 minutos, após chutão do goleiro Lucas Perri, Caíque levou a melhor na disputa de corpo com o zagueiro Luís Fernando e emendou um belo chute, surpreendendo Deijar e abrindo o placar: 1 a 0. Antes do intervalo, já nos acréscimos, os visitantes ampliaram com mais um golaço. Dentro da área, Shaylon mostrou tranquilidade e muita categoria para tocar por cima, na saída do goleiro, e fazer 2 a 0. Foi o sexto gol do camisa 10, que assumiu a artilharia isolada da competição.

Com apenas nove minutos do reinício da partida, o Bahia conseguiu descontar com João Paulo. Após sofrer pênalti, o atacante cobrou com categoria e fez 2 a 1. O gol animou os donos da casa, que chegaram ao empate, aos 25 minutos, novamente com João Paulo. Desta vez, o camisa 9 bateu falta com maestria e deixou tudo igual, 2 a 2. Apesar da reação baiana, o São Paulo segurou o empate favorável até o fim e faturou o troféu do torneio novamente.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações