Miguel Ángel Ramirez elogia ímpeto ofensivo em goleada do Internacional Sub-20

Miguel Ángel Ramirez elogia ímpeto ofensivo em goleada do Internacional Sub-20

Treinador da equipe profissional acompanha in loco classificação do time Sub-20 para as quartas de final e ressalta importância das competições de base brasileiras

Internacional x Tupi pelas oitavas de final da Copa do Brasil Sub-20 Internacional x Tupi pelas oitavas de final da Copa do Brasil Sub-20
Créditos: Fernando Jacondino / Internacional

O Internacional se classificou para as quartas de final da Copa do Brasil Sub-20 após goleada por 5 a 0 sobre o Tupi-MG, no Estádio Francisco Novelletto, em Porto Alegre, na noite desta sexta-feira, 7. Quem esteve de olho na partida, sentado na arquibancada, foi o treinador da equipe profissional, Miguel Ángel Ramirez. Foi a primeira vez que o espanhol assistiu in loco uma partida da competição de base. Na semana em que o Colorado aplicou goleada histórica em jogo válido pela Libertadores da América, Miguel também aprovou o ímpeto ofensivo da garotada. 

"O time entrou em campo com uma boa vantagem conquistada no primeiro jogo - o Inter venceu por 4 a 1 na ida em Minas Gerais. Seguiram construindo o placar. Poderiam diminuir o ritmo, mas foram até o final querendo mais gols, sendo agressivos na parte ofensiva, pressionando o adversário. É isso que queremos para o Internacional. Estamos tentando que isso se repita em todas as categorias, não só na equipe profissional. 

Ramirez tem a carreira de treinador marcada por seu trabalho junto a categorias de base. Foi olheiro e treinador de equipes inferiores. Sabe muito bem a importância da boa formação do atleta e de acompanhar constantemente o surgimento de novos talentos.

Ele elogiou o nível de competitividade que as equipes de base têm no Brasil com o calendário de torneios nacionais consolidado e ressaltou a importância desse processo para a própria seleção nacional no futuro.

"Esse tipo de competição expõe o jogador em um contexto o mais profissional possível e quanto antes isso acontece é melhor. Quanto mais eles jogam em alto nível, mais os clubes ganham, mas também beneficia a própria seleção brasileira porque garante mais minutos aos atletas em um nível alto de competitividade", opinou. 

Em uma semana de chuva de gols para o torcedor Colorado, o site da CBF perguntou, em tom de brincadeira, se o os jogos sempre terminam com muitos gols quando ele está presente. Com uma gargalhada, o treinador foi enfático: "Não, não". Com pé no chão, ele emendou:

"O que importa, no final, é manter-se firme ao que é proposto nos treinamentos, ao que se deseja fazer. Vão ter dias que faremos muitos gols, em outros não. Terão dias que a bola insistirá em não entrar. O mais importante é o modelo de jogo que queremos propor", encerrou. 

 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Guaraná Antártica VIVO Itaú Mastercard Voe GOL CIMED Semp TCL FIAT Pague Menos Café 3 Corações Techno Gym Stat Sports Kin Analytics