Após virada, Gomes levanta o Palmeiras e conquista título da Copa do Brasil Sub-20

Após virada, Gomes levanta o Palmeiras e conquista título da Copa do Brasil Sub-20

Após sofrer a virada do Cruzeiro, goleiro do Palmeiras entra em cena para garantir o título da Copa do Brasil Sub-20

Palmeiras supera o Cruzeiro e fica com a Copa do Brasil Sub-20 2019 Palmeiras supera o Cruzeiro e fica com a Copa do Brasil Sub-20 2019
Créditos: Pedro Vale/CBF

O futebol é capaz de escrever histórias surpreendentes. Na última quinta-feira, o Cruzeiro perdia por 3 a 1 e, precisando da vitória, reagiu. Em seis minutos, marcou três vezes, virando o jogo para 4 a 3. O placar fez o Palmeiras, adversário na final da Copa do Brasil Sub-20, se fragilizar. Nas cordas, o Alviverde se segurou como pôde, e contou com a contribuição inestimável do goleiro Gomes. Debaixo da meta do Palmeiras, o arqueiro serviu como uma fortaleza para o time no momento em que ele mais precisava.

No último minuto de partida, Adriano recebeu na entrada da área. O atacante do Cruzeiro ajeito a bola, enquadrou o corpo e, com extrema categoria, colocou a bola no cantinho. Ele só não contava com a elasticidade do goleiro palmeirense, que voou para evitar o título da Raposa. A intervenção de Gomes garantiu que o título fosse disputado nos pênaltis e, com isso, ele recebesse uma nova oportunidade para brilhar.

- A gente tava ganhando, acabamos tomando a virada. Graças a Deus consegui dar o título para minha equipe mais uma vez, com mérito de todo o grupo, que é forte, trabalha todos os dias. A gente busca força de onde não tem.

Assim que o juiz apitou o fim do tempo regulamentar, Gomes se ajoelhou sobre a linha do gol. Na meta que o consagraria, beijou o terço e rezou. De olhos fechados, ergueu as mãos para os céus e pediu ajuda. Depois, foi para onde estavam todos os jogadores do Palmeiras e fez uma última corrente antes da disputa. Ao se encaminhar para o gol novamente, recebeu fortes abraços do técnico Wesley Carvalho, do capitão Léo Passos e do zagueiro Gabriel Furtado. Esse momento simboliza um pouco do trabalho que foi construído no Palmeiras.

- Eles me abraçaram e falaram que eu tivesse a cabeça boa, a cabeça no lugar. Porque eles confiavam muito em mim e sabiam que eu ia pegar o pênalti. Graças a Deus consegui pegar, fizemos as nossas cobranças e saímos com a vitória. É muito bom ser campeão pelo Palmeiras. Cheguei aqui há tão pouco tempo e já cheguei em duas finais. Sem palavras para tudo isso.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports