Técnico do Palmeiras analisa campanha do título

Técnico do Palmeiras analisa campanha do título

Artur Itiro coroou o trabalho de três anos e meio à frente da geração 2000 com o título inédito do torneio nacional para o clube alviverde

O Palmeiras conquistou o título inédito da Copa do Brasil Sub-17 nesta quinta-feira (30) e coroou o trabalho realizado por Artur Itiro e sua comissão técnica. Treinador da geração 2000 do clube paulista há três anos, o comandante alviverde subiu de categoria com as jovens promessas e fechou o ciclo do juvenil com a taça da 5ª edição do torneio nacional.

Ao analisar a campanha do título, Artur Itiro elogiou o equilíbrio da equipe ao longo da competição e minimizou o fato de ter perdido a invencibilidade na finalíssima. Mesmo com a derrota por 1 a 0 no tempo normal para o Corinthians, o Palmeiras contou com a estrela do terceiro goleiro, Lucas Bergantin, na disputa de pênaltis e fez a festa no Pacaembu.

– A gente sempre preza por ter um jogo completo. Defender bem, atacar bem, fazer boas transições e uma boa bola parada. O fato da invencibilidade não é uma coisa que a gente busca, mas é uma consequência de fazer o nosso trabalho bem feito. A gente vai muito bem ofensivamente, tem um bom repertório ofensivo... Então a gente acaba ganhando os jogos. Isso tudo acaba trazendo uma invencibilidade, mas em nenhum momento a gente trabalhou em cima da invencibilidade. A gente vem pra jogar o jogo e graças a Deus a gente foi campeão – analisou o comandante alviverde.

Coordenador da base do Palmeiras, João Paulo Sampaio reforçou o discurso do treinador e destacou a importância da sequência de trabalho realizado por Artur Itiro nos últimos anos.

– Acho que esse título coroou o trabalho que a geração de 2000 vem fazendo há três anos e meio com o mesmo treinador. O treinador foi subindo com eles nas categorias e não poderia deixar de ter um título tão importante pela qualidade deles. Eles têm título importantes internacionais, mas precisavam de um título desses aqui no Brasil – afirmou João Paulo Sampaio, que ainda revelou uma aposta que fez com zagueiro Vitão e o grupo de jogadores com passagens pela Seleção Brasileira.

– Era uma cobrança que fazíamos com o Vitão: "Olha, vocês levantaram o Sul-Americano com a Seleção, agora têm que levar um troféu importante com o Palmeiras". Agora a gente vai ter que pagar a aposta. Mas é uma geração de muita qualidade. De muito talento, muitos atletas estiveram no Mundial Sub-17. A gente fica muito feliz por ter coroado com o final do ciclo do juvenil. Agora é seguir no Sub-20 ou alguns já no profissional – concluiu.

A campanha do título do Palmeiras contou com nove jogos. Foram seis vitórias, dois empates e uma derrota (no tempo normal). Ao todo, a equipe paulista marcou 22 gols e sofreu nove. Confira a trajetória completa, aqui!

 

 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações