Vasco da Gama, campeão da Copa do Brasil 2011

Vasco da Gama, campeão da Copa do Brasil 2011

Cruzmaltino venceu a partida de ida e, apesar da derrota na volta, levantou a taça da competição diante do Coritiba em pleno Couto Pereira

Eder Luis marcou o gol que garantiu o título do Vasco na Copa do Brasil 2011

Créditos: Marcelo Sadio / Vasco

O dia oito de junho de 2011 é inesquecível para os cruzmaltinos. O Club de Regatas Vasco da Gama não conquistava um título em competições nacionais há 11 anos. O grito entalado na garganta do torcedor foi solto após um jogo memorável diante do Coritiba, em pleno Couto Pereira, que terminou com derrota por 3 a 2. O gol salvador de Eder Luis, com chute forte do meio da rua, garantiu o troféu por conta da vitória por 1 a 0 na ida, em São Januário. Foi uma campanha com cinco vitórias, cinco empates e apenas uma derrota.

O Vasco iniciou a trajetória na competição com goleada por 6 a 1 no Comercial-MS, eliminando o duelo da volta. Na Segunda Fase, o clube da Colina ficou no 0 a 0 com o ABC fora de casa, mas garantiu a classificação com o triunfo na segunda partida, por 2 a 1. Nas Oitavas de Final, o Gigante da Colina foi com tudo para os Aflitos e venceu por 3 a 0. No duelo de volta, nada de gols em São Januário. O adversário na fase seguinte foi o Atlético-PR e o Cruzmaltino passou com dois empates: 2 a 2 na Arena da Baixada e 1 a 1 no Rio de Janeiro. Na semifinal, o time começou com tropeço em casa: 1 a 1 com o Avaí. Na volta, Diego Souza, com uma bela atuação, botou a Cruz de Malta na decisão ao conduzir a equipe ao triunfo por 2 a 0. 

A partida inesquecível diante do Coritiba começou com vitória em casa, pela vantagem magra. O time comandado pelo técnico Ricardo Gomes entrou em campo nervoso, mas garantiu o resultado positivo com gol marcado pelo atacante Alecsandro, o Alecgol. O goleiro Fernando Prass e os meias Bernardo e Diego Souza, este último como em praticamente todos os jogos da campanha, tiveram boas atuações e foram fundamentais para o triunfo. No duelo da volta, novamente Alecgol e Eder Luis, com um chutaço de longe, garantiram o título mesmo com a derrota pelo placar de 3 a 2.

Relembre a trajetória do campeão:

PRIMEIRA FASE
23 de fevereiro - Comercial-MS 1 x 6 Vasco - Estádio Morenão

SEGUNDA FASE
30 de março - ABC 0 x 0 Vasco - Frasqueirão
6 de abril - Vasco 2 x 1 ABC - São Januário

OITAVAS DE FINAL
13 de março - Náutico 0 x 3 Vasco - Aflitos
27 de março - Vasco 0 x 0 Náutico - São Januário

QUARTAS DE FINAL
4 de maio - Atlético-PR 2 x 2 Vasco - Arena da Baixada
12 de maio - Vasco 1 x 1 Atlético-PR - São Januário

SEMIFINAL
18 de maio - Vasco 1 x 1 Avaí - São Januário
25 de maio - Avaí 0 x 2 Vasco - Ressacada

FINAL
1º de junho - Vasco 1 x 0 Coritiba - São Januário
8 de junho - Coritiba 3 x 2 Vasco - Couto Pereira

Foto: Marcelo Sadio / Vasco

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro