Patric pode chegar a 200 vitórias na carreira

Patric pode chegar a 200 vitórias na carreira

Nesta quarta-feira (2), o Atlético-MG encara a Chapecoense-SC e o lateral-direito pode chegar a vitória de número 200 na carreira

Patric no jogo Atlético-MG 1 x 0 Corinthians-SP, pela terceira rodada do Brasileirão

Créditos: Bruno Cantini/Atlético-MG

O lateral Patric vive um momento especial com a camisa do Atlético-MG. Ele foi titular em 18 partidas nesta temporada e não foi substituído ainda no ano. De quebra, no último domingo (28), foi fundamental na vitória do Galo por 1 a 0 contra o Corinthians-SP, na Arena Independência. Foi do camisa 29 a assistência para Roger Guedes marcar o gol da vitória.

– Fico muito contente que todo o meu esforço nos treinamentos diários vem dando resultado. Estou procurando evoluir bastante ofensivamente, no quesito de cruzamentos, que é algo fundamental para um lateral. Era final da partida, mas consegui ter força para chegar na bola e acertei um cruzamento para o Roger fazer o gol da vitória - exaltou o jogador de 29 anos.

Valorizado pela fase vivida no Galo, Patric está próximo de atingir mais uma marca importante na carreira. Sua próxima vitória será a de número 200 na carreira como profissional. Isto pode acontecer nesta quarta-feira (2), às 19h30, quando o Atlético-MG enfrenta a Chapecoense-SC, na Arena Independência, pela Copa do Brasil. 

– Ganhei muito mais jogos do que empatei e perdi. Isso é algo bastante importante para um jogador. Por onde passei, sempre procurei dar o meu melhor e agora estou colhendo os frutos. Espero atingir o quanto antes essa vitória de número 200 na carreira e continuarei buscando mais resultados positivos e, consequentemente, títulos – destacou o jogador que já levantou sete troféus entre estaduais e regionais.

Patric já disputou 447 jogos como profissional, venceu em 199 ocasiões, empatou 98 e perdeu 150. Tem 38 gols marcados. Catarinense, com passagens por Criciúma-SC e Avaí-SC, Patric conhece bem o próximo rival do Galo, inclusive já marcou dois gols diante do Verdão do Oeste, sendo um deles com a camisa atleticana, no Campeonato Brasileiro de 2015.

– É um adversário que respeito muito. Sempre é complicado jogar contra a Chape. Eles conseguiram segurar um empate contra o Palmeiras em São Paulo na última rodada da Série A. Por isso, precisamos respeitá-los muito. Porém, jogaremos diante da nossa torcida. Sabemos da nossa força e da importância da Copa do Brasil e vamos impor nosso ritmo para tentarmos fazer uma vantagem positiva visando o duelo da volta em Santa Catarina - concluiu.

*Com informações de Assessoria de Imprensa

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro