Os caras da Copa do Brasil: Claudinho, o craque dos golaços do Red Bull Bragantino

Os caras da Copa do Brasil: Claudinho, o craque dos golaços do Red Bull Bragantino

Artilheiro do Massa Bruta no Brasileirão, o atacante quer ser a arma da equipe também na Copa do Brasil.

Os caras da Copa do Brasil: Claudinho, o craque dos golaços do Red Bull Bragantino Os caras da Copa do Brasil: Claudinho, o craque dos golaços do Red Bull Bragantino
Créditos: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

No dicionário, o nome de Claudinho poderia ser definido assim: "1. aquele que marca golaços; autor de gols bonitos". Principal peça do Red Bull Bragantino na campanha do título da Série B no ano passado, o meia-atacante retomou a fase goleadora nesta temporada e se destacado pelas pinturas que faz dentro de campo. Com 7 gols marcados no Brasileirão Assaí 2020, agora ele e o clube voltam suas atenções para a Copa do Brasil, já que o Massa Bruta inicia sua caminhada na competição nesta quinta-feira (29), às 19h, quando recebe o Palmeiras no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). Para o jogador, é a chance de sonhar com a taça inédita do torneio.

Ao site da CBF, o atacante relembrou a passagem pelo Corinthians, onde começou sua caminhada profissional, a chegada ao Bragantino em 2016 e o título do Campeonato Brasileiro Série B de 2019. Além disso, o jogador projetou o confronto difícil contra o Verdão e confessou sentir falta da torcida nos jogos.

Início da carreira e chegada ao Bragantino


O começo de Claudinho no futebol foi em outro grande clube paulista. Hoje com 23 anos, ele foi formado na base do Santos e se transferiu para o Corinthians ainda nos juniores,  em 2015, começando a ter suas primeiras experiências como profissional. No mesmo ano, ganhou espaço com Tite, então treinador do Timão, e esteve no elenco campeão do Campeonato Brasileiro.

"Minha passagem pelo Corinthians foi muito boa e de muito aprendizado. Logo que cheguei acabei tento a oportunidade de subir para o profissional e de ser campeão brasileiro com um elenco maravilhoso. Aprendi muito", lembrou Claudinho.

Em 2016, ficou em segundo lugar na Copa São Paulo de Futebol Júnior e, após o Paulistão, acabou emprestado para o Bragantino. Foi então que teve o primeiro contato com a equipe de Bragança e iniciou sua trajetória por lá, disputando a Série B. Depois da competição, foi cedido ao Santo André, se destacando no Paulista, e chamou a atenção da Ponte Preta, onde chegou em 2017.

"A primeira vez que vim para o Bragantino foi mais para que eu pudesse pegar experiência e ganhar minutagem em campo. Tomei essa decisão junto ao Corinthians, que na época eu tinha contrato, e foi bom pra mim. Hoje, anos depois disso tudo, sinto que tenho uma identificação enorme com o clube e com a torcida", disse o atacante.

Os caras da Copa do Brasil: Claudinho, o craque dos golaços do Red Bull Bragantino Os caras da Copa do Brasil: Claudinho, o craque dos golaços do Red Bull Bragantino
Créditos: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

Série B histórica e relação com o clube


Sua história começou a mudar quando, em 2018, foi levado de volta pelo Red Bull Bragantino para a disputa do Campeonato Paulista. Apesar de não ter tido um desempenho de destaque, ele teve um curto empréstimo para o Oeste para o Estadual do ano seguinte e retornou ao Massa Bruta pronto. Em 2019, virou a cara do projeto que levaria o Braga para a Série A.

"Foi maravilhoso conseguir levar o time para a Série A novamente junto com os meus companheiros. Acho que o campeonato que fizemos foi muito especial, mas o do jogo do acesso e o último jogo em casa para levantarmos o troféu foram os mais especiais", recordou o jogador.

Comandado pelo técnico Antônio Carlos Zago, mostrou sua habilidade e anotou dez gols durante a campanha do acesso e do título, ganhando o carinho da torcida em todos os jogos em casa. Além das camisas com seu nome, ainda era possível encontrar cartazes com os dizerem "Hoje tem gol do Claudinho" por toda parte. A saudade dos torcedores, inclusive, faz parte da rotina do atacante.

"Faz muita falta sentir a energia deles ali no estádio, pois estavam nos apoiando sempre. Graças a Deus tenho uma relação muito boa com a torcida do Bragantino. Só tenho que agradecer a todos pelo carinho comigo durante esses anos", falou.

Copa do Brasil


Os caras da Copa do Brasil: Claudinho, o craque dos golaços do Red Bull Bragantino Os caras da Copa do Brasil: Claudinho, o craque dos golaços do Red Bull Bragantino
Créditos: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino


Em um momento em que o Red Bull Bragantino está se recuperando no Brasileirão Assaí, o clube fará sua estreia na Copa do Brasil 2020, já que conquistou a vaga direta para as oitavas de finais pelo título da Série B 2019. Claudinho ainda não tem muitas histórias com a competição, já que teve poucas oportunidades de atuar nela, mas quer começar a escrevê-las. A primeira chance será nesta quinta-feira (29), às 19h, no jogo da ida contra o Palmeiras no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). A volta será na semana seguinte, dia 5, no mesmo horário no Allianz Parque, em São Paulo (SP).

"Vou tranquilo para essa partida assim como vou pra todos os jogos. Preciso entrar em campo sem peso algum e dar meu máximo para ajudar a minha equipe da melhor forma possível", completou.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports