Luva de Ouro da Copa do Brasil, Everson lembra trajetória no futebol: 'Orgulho da minha história'

Luva de Ouro da Copa do Brasil, Everson lembra trajetória no futebol: 'Orgulho da minha história'

Melhor goleiro da competição, goleiro disputou todas as divisões do Campeonato Brasileiro e terminou temporada com três títulos com o Atlético-MG

Segundo jogo da final da Copa do Brasil 2021 Segundo jogo da final da Copa do Brasil 2021
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Everson dificilmente se esquecerá de 2021. Após conquistar três títulos com o Atlético-MG na temporada, o goleiro falou com orgulho de sua trajetória no futebol e valorizou a caminhada que teve, desde a Série D do Campeonato Brasileiro, até a tríplice coroa.

"Desde a Série D, eu sempre imaginei e tive o foco de poder jogar na Série A. É uma caminhada difícil, pouca gente consegue. Mas eu me orgulho muito da minha história, dessa minha escadinha de subir da Série D até a Série A. E hoje estar consolidando com três títulos no Atlético-MG", afirmou Everson.

Um símbolo dessa superação de Everson está no terço que o goleiro carrega a todos os cantos. O artigo religioso foi presente de um torcedor quando Everson ainda atuava na Série D, e tem trazido boas energias para ele desde então.

"Esse terço eu ganhei na Série D do Campeonato Brasileiro. Ou seja, na última divisão, de um torcedor do Confiança. De lá para cá, sempre trago ele comigo, vem me abençoando muito", lembrou o goleiro.

Após ajudar o Atlético-MG a ser campeão, Everson foi reconhecido por seu trabalho individual. Depois de derrotar o Athletico Paranaense na final, ele foi eleito o melhor goleiro da Copa do Brasil e ficou com a Luva de Ouro da competição.

"Foi um ano muito bom. Conquistamos três títulos, dois muito grandes, a Copa do Brasil e o Brasileiro, fazia 50 anos que o Atlético não vencia. A gente colocou nosso nome na história. Muito feliz, não só pelos títulos, mas pelo reconhecimento do trabalho individual, por ganhar a Luva de Ouro da Copa do Brasil. Muito feliz com esse ano de 2021, foram três títulos, mais a convocação para a Seleção Brasileira. Muito feliz com esse ano", finalizou.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro