Internacional volta à decisão da Copa do Brasil depois de 10 anos

Internacional volta à decisão da Copa do Brasil depois de 10 anos

Colorados querem escrever uma história diferente na final após uma década do vice-campeonato

Internacional volta a vencer o Cruzeiro e garante vaga na final da Copa do Brasil, para enfrentar o Athletico Paranaense

Créditos: Jeferson Guareze/AGIF

Dia 1 de julho de 2009. Em pleno Beira-Rio, em Porto Alegre, o Internacional empatava em 2 a 2 com o Corinthians e perdia o título da Copa do Brasil daquele ano, depois de ser derrotado por 2 a 0 no jogo da ida. Pouco mais de dez anos depois, no dia 4 de setembro de 2019, o Colorado venceu o Cruzeiro por 3 a 0 diante de sua barulhenta torcida, concretizou a classificação e chegou, mais uma vez, à decisão da competição nacional. É a terceira em sua história, contra o terceiro adversário diferente. Neste ano, o Athletico-PR.

Foram duas finais disputadas e cada uma terminou com um final diferente. Em 1992, euforia e emoção ditaram o duelo contra o Fluminense no Beira-Rio. Depois da derrota por 2 a 1 nas Laranjeiras, o 1 a 0 em Porto Alegre, com gol de pênalti marcado por Célio Silva aos 43 minutos do segundo tempo, deixou a taça com o Inter. Era o fim que a torcida queria. Em 2009, porém, a derrota por 2 a 0 em São Paulo pesou na volta, que ficou empatada em 2 a 2 para a frustração dos colorados.

Assim como na campanha em 2009, o Internacional não perdeu jogando no Beira-Rio nesta Copa do Brasil. Foram três jogos e três vitórias em seus domínios, além de duas fora de casa e apenas uma derrota. Na quinta fase, etapa em que entrou na competição, passou do Paysandu vencendo por 3 a 1 e 1 a 0. Depois, perdeu para o Palmeiras em São Paulo por 1 a 0, mas venceu pelo mesmo placar em Porto Alegre e avançou nos pênaltis. Agora, brilhou na semifinal, derrotando o Cruzeiro por 1 a 0 em Belo Horizonte e 3 a 0 diante de sua torcida.

D'Alessandro no jogo Internacional x Cruzeiro pela Copa do Brasil D'Alessandro no jogo Internacional x Cruzeiro pela Copa do Brasil
Créditos: Ricardo Duarte/Internacional

Outra semelhança também é marcante para o Colorado. O capitão D’Alessandro é o único jogador que estava no Inter naquela decisão há dez anos. Campeão da Copa Sul-Americana e da Libertadores, além de ser hexa do Gaúcho, o camisa 10 ainda quer adicionar a Copa do Brasil em sua coleção. Em 2009, ele acabou expulso na decisão em casa, vendo sua equipe terminar com o vice. Hoje, escrever uma história diferente se tornou um objetivo para o ídolo do clube.

No atual elenco do Internacional, três jogadores já levantaram a taça do torneio. Ainda muito novo, Danilo Fernandes estava naquele Corinthians de 2009 e venceu justamente contra seu atual time. Além dele, Rafael Sobis (duas vezes) e Bruno Silva foram campeões com o Cruzeiro.

A grande decisão da Copa do Brasil já tem data marcada. Nos dias 11 e 18 de setembro, Inter e Athletico-PR brigam para fazer história mais uma vez. Para o time de Porto Alegre, a busca pelo bicampeonato será ainda a chance de voltar ao topo do futebol nacional. Empurrados por sua torcida, que mostrou toda sua força em casa, os colorados querem esquecer 2009 e mirar o final feliz de 1992.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações