Grêmio recebe Athletico pela semifinal da Copa do Brasil

Grêmio recebe Athletico pela semifinal da Copa do Brasil

Abrindo o confronto pela semifinal da Copa do Brasil 2019, Grêmio e Athletico repetem confronto recente na história da competição

Grêmio 0 x 0 Atlético-PR - 21ª rodada Série A 2017 - Arena do Grêmio

Créditos: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

A noite de Copa sempre é especial na Arena do Grêmio. Nesta quarta-feira, não promete ser diferente. Em um grande confronto, o Tricolor Gaúcho recebe o Athletico-PR pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. A bola rola para o duelo às 21h30 em Porto Alegre.

Cinco vezes campeão da Copa do Brasil, o Grêmio tenta voltar à final do torneio três anos depois de seu último título. Para chegar à decisão, terá que derrotar o Furacão, como fez em 2016. Na ocasião, o confronto foi logo pelas oitavas de final e foi um dos mais disputados de toda a competição. No jogo de ida, o Grêmio conseguiu vencer fora de casa, levando a vantagem de 1 a 0 para a partida de volta. Mas o Tricolor foi derrotado pelo mesmo placar dentro da Arena e precisou da disputa por pênaltis para garantir a classificação.

O título viria naquele mesmo ano, junto com o fim de um jejum de 15 anos sem uma conquista nacional. No ano seguinte, os dois voltaram a se enfrentar, mas o Imortal teve menos dificuldades. Pelas quartas de final, o Grêmio venceu o Furacão duas vezes, com um placar agregado de 7 a 2 (4 a 0 em casa e 3 a 2 fora). O Tricolor seria eliminado pelo Cruzeiro na fase seguinte.

Mas o confronto com o Grêmio não traz só lembranças ruins para o torcedor do Athletico Paranaense. Atual campeão da Copa Sul-Americana, o Furacão sonha com a chance de voltar a vencer um título nacional, o que não acontece desde 2001, quando o CAP foi campeão brasileiro.

A última vez que o Furacão esteve tão próximo dessa oportunidade foi em 2013, quando chegou à final da Copa do Brasil contra o Flamengo. No caminho daquela final, estava o Grêmio. Na semi, o Furacão teve dois duelos muito equilibrados com os gaúchos, mas levou a melhor. Na ida, em plena Vila Capanema, vitória do Rubro-negro por 1 a 0. Na volta, um empate sem gols colocou o Athletico na final.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações