Flamengo 8 x 2 Maringá: partida foi a 7ª com pelo menos 10 gols na história da Copa do Brasil

Flamengo 8 x 2 Maringá: partida foi a 7ª com pelo menos 10 gols na história da Copa do Brasil

Rubro-Negro carioca reverteu desvantagem no placar de 2 a 0 e conquistou a classificação para as oitavas

Pedro marcou quatro gols na goleada do Flamengo sobre o Maringá por 9 a 2 Pedro marcou quatro gols na goleada do Flamengo sobre o Maringá por 9 a 2
Créditos: Divulgação/Flamengo

O Flamengo goleou o Maringá (PR) por 8 a 2, na quarta-feira (26), pela terceira fase da Copa Betano do Brasil, e garantiu vaga para as oitavas de final. Os mais de 50 mil torcedores no Maracanã presenciaram a sétima partida com no mínimo dez gols em um jogo da competição, que foi criada em 1989.

Depois da derrota na partida de ida por 2 a 0, o Flamengo entrou em campo com a missão de se classificar e abriu o placar logo aos dois minutos, com Thiago Maia. Além dos gols de Gabriel Barbosa, Gerson e Everton Cebolinha, Pedro foi o grande destaque do jogo, com quatro gols. Fabricio Bruno (contra) e Serginho descontaram para o Maringá.

Apesar de incomum, a Copa do Brasil teve outro resultado recentemente com soma de dez tentos. Foi a goleada do São Paulo sobre o 4 de Julho (PI) por 9 a 1, em 2021, no Morumbi, com direito a hat-trick do centroavante Pablo. 

Pablo foi o destaque do São Paulo na vitória por 9 a 1 sobre o 4 de Julho, em 2021 Pablo foi o destaque do São Paulo na vitória por 9 a 1 sobre o 4 de Julho, em 2021
Créditos: Rubens Chiri / saopaulofc.net

O placar mais elástico da história da Copa do Brasil remonta ao ano de 1991, entre Atlético-MG e Caiçara (PI). O Galo aplicou o histórico 11 a 0 sobre a equipe piauiense.  

Em 1993, foi a vez do Internacional vencer por 9 a 1 o Ji-Paraná (RO), na eliminatória que terminou com 15 a 1 no placar agregado para os gaúchos. No ano anterior, o Internacional levantou a taça pela única vez.

Em 2001, o São Paulo ganhou do Botafogo (PB) por 10 a 0, no Morumbi, com os tentos de França (3), Luís Fabiano (2), Júlio Baptista (2), Gustavo Nery, Kaká e Fabiano Souza.

Já em 2005, o Cruzeiro venceu o Baraúnas (RN) por 7 a 3 pelas quartas de final e, em 2010, o Santos goleou o Naviraiense (MS) por 10 a 0, ano no qual o Peixe viria a ser campeão, com Neymar e Ganso como protagonistas.

Além de Flamengo e Maringá, houve outros sete resultados em que o vencedor balançou a rede oito vezes. Um deles, inclusive, com o Flamengo, que goleou por 8 a 2 o Kaburé (TO) em 1995. A equipe tocantinense sofreria outro revés de oito gols para a Portuguesa (SP), em 1997.

Veja outras goleadas da Copa do Brasil:

1995 - Flamengo 8 x 0 Kaburé (TO) 

1997 - Portuguesa 8 x 0 Kaburé (TO) 

1998 - Vasco 8 x 0 Picos (PI) 

2000 - Bahia 8 x 0 Interporto (TO) 

2001 - Corinthians 8 x 1 Flamengo (PI)

2010 - Santos 8 x 1 Guarani

2011 - Atlético (MG) 8 x 1 IAPE (MA) 

 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Guaraná Antartica Vivo Itaú Neoenergia Mastercard Gol Cimed Pague Menos TCL SEMP TechnoGym StatSports Kin Analytics Globus Italian Excellence