Dida reencontra torcidas de Cruzeiro e Corinthians na Copa do Brasil

Dida reencontra torcidas de Cruzeiro e Corinthians na Copa do Brasil

Ídolo nos dois clubes que disputaram a final da Copa do Brasil, Dida foi o encarregado de trazer a taça para o palco do jogo

Cruzeiro é campeão da Copa do Brasil 2018 na Arena Corinthians

Créditos: Lívia Villas-Boas Staff Images

Acostumado a levantar taças por onde passou durante sua carreira, Dida viveu um momento especial na noite desta quarta-feira. Ídolo de Corinthians e Cruzeiro, o ex-goleiro foi responsável por levar a taça da Copa do Brasil decidida na Arena Corinthians.

Ciente do tamanho da responsabilidade que é disputar uma final de Copa do Brasil, Dida destacou a oportunidade de estar novamente diante de duas torcidas que o têm como herói.

- Realmente, foi uma coisa fascinante. Reencontrar as duas torcidas, entrar em campo segurando uma taça para mim foi uma novidade, mas uma emoção muito grande - disse.

A Copa do Brasil fez parte da trajetória de Dida no futebol brasileiro. Ganhou a competição pelo Cruzeiro, em 1996, e voltou a conquistá-la seis temporadas depois, no ano mais glorioso de sua carreira: 2002, quando ganhou também a Copa do Mundo da Coreia do Sul e do Japão.

Mais do que isso, Dida sempre foi um especialista em jogos eliminatórios e disputas por pênaltis. De suas defesas, já veio até mesmo um título de Liga dos Campeões da Europa para o Milan. Para ele, o que faz a diferença em um momento como esse, além de ter jogadores técnicos e decisivos, é a experiência nesse tipo de competição. Por isso, o Cruzeiro largou na frente na final.

- O Cruzeiro já é um pouco especialista nesse tipo de competição. Já sabe o que precisa ser feito tanto dentro de casa quanto fora de casa. É um time que conhece o torneio. O Cruzeiro partiu na frente justamente por isso, tem experiência. Fora isso, ainda tem jogadores competitivos, técnicos, que estão sempre prontos para entrar e jogar - destacou.

O Cruzeiro derrotou o Corinthians por 2 a 1 nesta quarta-feira e se tornou hexacampeão da Copa do Brasil.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro