Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil de 2003

Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil de 2003

Na 15ª edição da competição, a Raposa conquistou pela quarta vez o título da Copa do Brasil de forma invicta. Relembre!

Cruzeiro campeão da Copa do Brasil 2003

Créditos: site oficial do Cruzeiro

Com 65 participantes na edição de 2003, a Copa do Brasil sagrou o tetracampeonato do Cruzeiro naquele ano. Foram oito vitórias e três empates até o título. O artilheiro da competição foi o atacante Nonato, do Bahia, com nove gols marcados. Pelo time mineiro, Deivid foi quem mais balançou a rede: sete vezes. 

No primeiro jogo do Cruzeiro, vitória por 4 a 2 diante do Rio Branco-ES, no Sumaré. Na fase seguinte, diante do Corinthians-RN, empate por 2 a 2, em Caicó, e vitória por 7 a 0, no Mineirão. Nas oitavas de final, a Raposa bateu o Vila Nova-GO por 2 a 0, em Belo Horizonte, e venceu por 2 a 1, no Serra Dourada. Diante do Vasco, nas quartas de final, vitória por 2 a 1, em casa, e empate por 1 a 1 em São Januário. Na semifinal, venceu o Goiás por 3 a 2, em Goiânia, e por 2 a 1, no Mineirão. 

Na grande final, enfrentou o Flamengo. No primeiro jogo, com mais de 70 mil pessoas presentes, o Cruzeiro segurou o empate em 1 a 1, no Maracanã. Já no Mineirão, diante de quase 80 mil pessoas, Deivid abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo. Aos 16 minutos, o colombiano Aristizábal marcou mais um. No final da primeira etapa, aos 28 minutos, o zagueiro Luisão fez o terceiro da Raposa. No segundo tempo, o time cruzeirense continuou pressionando a equipe rubro-negra e perdeu diversas chances de gol. Aos 18 minutos, Fernando Baiano marcou pelo Flamengo e diminuiu a vantagem do Cruzeiro. O resultado se manteve até o final da partida e o Cruzeiro conquistou seu quarto título da Copa do Brasil. 

Relembre a trajetória do campeão:

PRIMEIRA FASE

19 de fevereiro – Rio Branco-ES 2 x 4 Cruzeiro – Sumaré

SEGUNDA FASE

26 de março – Corinthians-RN 2 x 2 Cruzeiro – Estádio Senador Dinarte Mariz

2 de abril – Cruzeiro 7 x 0 Corinthians-RN – Mineirão

OITAVAS DE FINAL

23 de abril – Cruzeiro 2 x 0 Vila Nova-GO – Mineirão

30 de abril – Vila Nova-GO 1 x 2 Cruzeiro – Serra Dourada

QUARTAS DE FINAL

7 de maio – Cruzeiro 2 x 1 Vasco – Mineirão

14 de maio – Vasco 1 x 1 Cruzeiro – São Januário

SEMIFINAL

21 de maio – Goiás 2 x 3 Cruzeiro – Serra Dourada

28 de maio – Cruzeiro 2 x 1 Goiás – Mineirão

FINAL

8 de junho – Flamengo 1 x 1 Cruzeiro – Maracanã

11 de junho – Cruzeiro 3 x 1 Flamengo – Mineirão

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro