Adriano: autor do primeiro gol da Copa do Brasil

Artilheiro do Nova Iguaçu-RJ anotou o primeiro gol da atual edição da Copa do Brasil no empate por 1 a 1 contra o Bragantino-SP, na última quarta-feira (31)

Adriano, autor do primeiro gol da Copa do Brasil 2018

Créditos: Divulgação / Nova Iguaçu F.C.

A partida entre Nova Iguaçu-RJ e Bragantino-SP, na última quarta-feira (31), entrou para a história da Copa do Brasil 2018. Foi no empate por 1 a 1 entre o Laranjão e o Braga no Estádio Jânio Moraes, em Nova Iguaçu (RJ), que foi anotado o gol inaugural da atual edição do torneio mais democrático do país.

O artilheiro Adriano, camisa 9 da equipe da Baixada Fluminense, foi o primeiro a balançar as redes e garantir a marca individual. Em entrevista ao site da CBF, o atacante do Laranjão enalteceu o feito e se mostrou contente de ter seu nome registrado na história da Copa do Brasil.

– Individualmente, estou muito feliz e satisfeito de entrar para a história de uma competição tão importante como a Copa do Brasil. Estar em uma equipe de menor investimento e conseguir feitos como este é muito gratificante. Principalmente por ajudar a instituição Nova Iguaçu a aparecer no cenário do futebol nacional. Fico muito feliz pela marca e espero que a gente possa disputar mais vezes a competição e alcançar resultados melhores no nosso planejamento – destacou.

Aos 36 anos, Adriano mostrou a frieza dos 15 anos de carreira ao mesmo tempo em que esbanjou um fôlego de garoto no gol do Nova Iguaçu. Após uma enfiada de bola do companheiro Jonathan, o atacante driblou o goleiro e, de canhota, balançou a rede do Massa Bruta. O atacante detalhou o gol e deu crédito ao técnico Edson Souza.

– O professor Edson cobra e ensaia muito essas jogadas com a bola lançada por cima da zaga. A gente procura outros recursos para furar o bloqueio adversário e essa jogada é um exemplo: uma bela enfiada do Jonathan e, quando o goleiro saiu, eu tive a oportunidade de driblá-lo e bater de esquerda. A gente sempre tenta um algo a mais para vencer a defesa adversária. No momento de definição é preciso estar frio para aproveitar as poucas oportunidades que surgem dentro da partida – concluiu.

Apesar do feito, Adriano não foi capaz de evitar a eliminação do Nova Iguaçu da Copa do Brasil 2018. De acordo com o regulamento da competição, o empate dá a classificação à equipe visitante. O gol no fim credenciou o Bragantino para a Segunda Fase do torneio e eliminou a equipe da Baixada Fluminense.

PATROCINADORES