Técnico campeão faz balanço do futebol feminino

Técnico campeão faz balanço do futebol feminino

Há 10 anos trabalhando com futebol feminino, o treinador campeão da Copa do Brasil Feminina pelo Audax comenta perspectiva de crescimento da modalidade

Arthur Elias, técnico do Audax/Corinthians, campeão da Copa do Brasil Feminina 2016 Arthur Elias, técnico do Audax/Corinthians, campeão da Copa do Brasil Feminina 2016
Créditos: Kin Saito/CBF

A conquista do título do Audax/Corinthians na Copa do Brasil Feminina contou com um personagem especial atuando fora dos gramados. À beira dos campos, passando instruções às jogadoras, o técnico Arthur Elias foi o responsável por moldar a equipe recém-formada e construir um time competitivo a nível nacional. Com uma década de carreira dedicada ao futebol feminino, o treinador escreveu seu nome na história da modalidade e agora segue com planos para o desenvolvimento.

– Tomei uma decisão lá trás de fazer do futebol feminino um plano de carreira. Tive uma visão que parecia loucura à época, mas hoje em dia quem escolher esse caminho vai estar bem pela perspectiva de crescimento da modalidade. Tenho a sensação de que valeu a pena, acima de tudo pelo trabalho realizado, com a equipe jogando em alto nível, respondendo em campo ao que foi feito durante o ano. A técnica com que elas atuaram e a fome de vencer fizeram o trabalho ser muito merecido. Elas estão de parabéns – avaliou o treinador.

DE ESTREANTE A CAMPEÃO

Arthur Elias assumiu o comando do Audax no início de 2016. Em sua primeira participação à frente do clube, o jovem técnico encontrou dificuldades com um elenco ainda em formação e acabou eliminado na segunda etapa do Campeonato Brasileiro. Na segunda metade do ano, com um time mais consolidado e ciente dos conceitos propostos por Arthur, a estreia vitoriosa na Copa do Brasil viria para abrir o caminho para o título.

A participação pela primeira vez na competição não poderia ter um desfecho melhor para o clube da cidade de Osasco. Ao longo de 10 jogos foram seis vitórias, três empates e uma derrota sob comando do treinador, que viu seu trabalho ser recompensado na quinta-feira (27) com o triunfo por 3 a 1 sobre o São José. Com a conquista da Copa do Brasil, o Audax/Corinthians garantiu vaga na Libertadores 2017.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports