Chú Santos: "Confiança para disputar a competição"

Chú Santos: "Confiança para disputar a competição"

Destaque da Copa do Brasil Feminina com sete gols em três jogos, Chú Santos, atacante do Audax, revelou que deseja ser artilheira da competição nesta temporada

Chú Santos, Audax-Corinthians

Créditos: Gabriela Montesano/Audax

Com três vitórias, 14 gols marcados e nenhum sofrido, o Audax-SP é um dos candidatos a conquistar a taça da Copa do Brasil de Futebol Feminino. Números como estes só são possíveis por causa da entrega das jogadoras e de outros profissionais envolvidos no trabalho da equipe. Artilheira isolada da competição com sete gols, Francisleide, mais conhecida como Chú Santos, é um exemplo. Em entrevista exclusiva ao site da CBF, a camisa 9 exaltou a importância de estar no topo da artilharia com a melhora do seu rendimento dentro de campo.

– Fico muito feliz por conseguir fazer esses gols pra ajudar a equipe. Essa marca ajuda bastante no meu desempenho dentro de campo e na confiança para disputar a competição – disse.

A marca de sete gols em apenas três partidas já coloca Chú na lista das maiores artilheiras da história da Copa do Brasil, ao lado de Daniela Alves, 14 gols, e da maior goleadora, Marta, com 18 gols, entre outras grandes jogadoras. Mas Chú Santos está apenas começando e, mesmo não encarando os números expressivos de gols como uma prioridade, a atacante deseja ser artilheira nesta temporada.

– Eu acho que todo atleta almeja uma marca como essa. Estou muito feliz por ter a chance de entrar nesse seleto grupo e por ter conseguido um bom desempenho nesses primeiros jogos, mas é algo que eu não penso muito. Claro que se saírem mais gols, melhor. Espero que Deus possa me ajudar com mais alguns e eu possa atingir essa marca – revelou.

No jogo de ida da segunda fase da competição, contra o Santos, no José Liberatti, a jogadora foi destaque da partida com um gol e uma assistência, na vitória por 3 a 0.  Chú Santos classificou a vantagem como essencial, afinal, o confronto é um daqueles encarado como uma "final antecipada".

– Foi muito importante vencer essa partida. Mais do que o meu desempenho individual, foi o coletivo. Eu acredito muito no trabalho da equipe e acho que conseguimos marcar esses três gols e fazer essa vantagem pelo que apresentamos como conjunto. Foi bom poder ajudar o time com um gol e uma assistência, mas eu não acho que tenho que exaltar o meu individual e, sim, o que todo o time fez, porque foi muito mais importante o desempenho da equipe do que o meu pra conquistar essa vitória. 

Com vantagem no placar, o Audax entra em campo nesta segunda-feira (12) contra o Santos, no CT Rei Pelé às 15h, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

Veja todas as notícias da competição!

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Mastercard GOL CIMED SEM TCL FIAT English Live Ultrafarma Technogym Statsports