Capitã feliz com possibilidade de nova artilharia

Capitã feliz com possibilidade de nova artilharia

Em entrevista exclusiva ao site da CBF, Dany Helena, atacante do Cresspom, analisa duelo direto com concorrente do Audax na semifinal da Copa do Brasil Feminina

Dany Helena - Atacante do Cresspom

Créditos: Dany Helena / arquivo pessoal

A Copa do Brasil de Futebol Feminino chegou às semifinais e, na quinta-feira (6), Audax e Cresspom se enfrentam  no primeiro jogo desta fase. Não será apenas uma partida de duas equipes com boas campanhas, mas também o duelo das artilheiras da competição. Pelo time de Osasco, Chu Santos, com 10 gols, lidera a artilharia. Na cola está Dany Helena, do Cresspom, que balançou as redes sete vezes.

Será uma disputa boa. Apesar da diferença de três gols, a atacante do Cresspom está acostumada a terminar as participações como maior goleadora. Já são seis artilharias no currículo: Campeonato Brasiliense de 2012, 2014 e 2015, Universitário de 2011, Copa do Brasil Universitário (CBUFF) de 2014 e Campeonato Catarinense de 2014.

Com exclusividade ao site da CBF e dividindo os méritos, Dany Helena fez coro ao discurso de Chu Santos e destacou como prioridade o título da Copa do Brasil, colocando a disputa individual como consequência.

– A artilheira é uma grande atleta, conhecida no cenário nacional. É uma honra poder disputar com ela uma artilharia de Copa do Brasil. Vamos nos enfrentar no próximo jogo e todos sabem da qualidade do Audax Corinthians. A artilharia é consequência dos bons passes que recebo das minhas companheiras. Não penso nisso como prioridade, minha prioridade é fechar com minha equipe e fazer nosso melhor pra sair com o resultado positivo, independentemente de quem fizer o gol, mas se eu tiver a oportunidade de marcar e encostar na artilharia ficarei muito feliz – afirmou a atacante.

Para continuar sonhando com a artilharia, Dany precisará marcar gols e contar com a ajuda das companheiras na marcação de Chu Santos. A classificação do Cresspom é fundamental para alcançar também este objetivo.

– Com certeza vamos pensar em uma marcação para a artilheira da competição, ela é uma atleta de muita qualidade e não podemos bobear, mas a toda a equipe adversária merece uma atenção especial, já que tem atletas de alto nível. Acredito bastante no nosso sistema defensivo, pra mim elas são as melhores e vamos lutar do início ao fim da partida para sair com o resultado favorável – disse Dany Helena.

Dany está há quatro anos no Cresspom e esta é a primeira vez que o clube chega à semifinal de uma competição nacional oficial. A classificação também é inédita tratando-se de uma equipe do Distrito Federal. Dany contou como tem sido disputar a Copa do Brasil e qual postura será adotada neste primeiro jogo.

– Estamos muito felizes por chegar tão longe, mas queremos ainda mais. A palavra que define nossa equipe é superação. Só nós sabemos o que passamos aqui em Brasília, treinando com sol e chuva e até tarde da noite pra fazer o que mais amamos. Tivemos essa prova de superação dentro da competição ao eliminar a fortíssima equipe do Iranduba, com uma jogadora a menos e em Manaus. Se Deus quiser vamos continuar nos superando e buscando chegar ainda mais longe na competição. A equipe adversária é muito forte em casa, mas nosso aproveitamento fora de casa também é bom, só perdemos uma partida. Vamos com tudo pra esse primeiro jogo, tentando não tomar gols e buscando um gol fora de casa, que é importantíssimo.

Formação em Educação Física

Com apenas 23 anos, Dany Helena já é formada em Educação Física e, além de jogar bola, também trabalha como professora, no Colégio Selectus, em Águas Lindas de Goiás. A atacante contou a relação entre o futebol e a formação acadêmica.

– Através do futebol tive condições de estudar em boas escolas e me formar na faculdade através do Bolsa Atleta, aí acabei optando pelo curso de Educação Física porque gosto muito da parte de treinamento esportivo e quero continuar no ramo do futebol.

Na quinta-feira (6) não será apenas o jogo com o Audax que terá importância para a artilheira do Cresspom. No dia 6 de outubro também é comemorado o aniversário de Dany Helena. Antes deste primeiro confronto, Foz Cataratas receberá, quarta-feira (5), o São José pela partida de ida das semifinais.

Veja a ficha técnica da capitã do Cresspom

Nome: Dany Helena

Data de nascimento: 06/10/1992

Naturalidade: Brasília-DF

Clubes por onde passou: Ascoop, Universidade Católica de Brasília (UCB), Kindermann e Cresspom

Artilharia: Campeonato Brasiliense de 2012, 2014 e 2015, Universitário de 2011, Copa do Brasil Universitário (CBUFF) de 2014 e Campeonato Catarinense de 2014

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro