Brasileirão: CBF realiza Seminário de Operações

Brasileirão: CBF realiza Seminário de Operações

Diretoria de Competições da CBF reuniu os 60 clubes da séries A, B e C do Brasileirão para o Seminário de Operações 2018

Diretoria de Competições da CBF realiza do Seminário de Operações 2018

Diretoria de Competições da CBF realiza do Seminário de Operações 2018

Créditos: Fernando Torres / CBF

Diretoria de Competições da CBF realiza do Seminário de Operações 2018

Diretoria de Competições da CBF realiza do Seminário de Operações 2018

Créditos: Fernando Torres / CBF

Diretoria de Competições da CBF realiza do Seminário de Operações 2018

Diretoria de Competições da CBF realiza do Seminário de Operações 2018

Créditos: Fernando Torres / CBF

Diretoria de Competições da CBF realiza do Seminário de Operações 2018

Diretoria de Competições da CBF realiza do Seminário de Operações 2018

Créditos: Fernando Torres / CBF

Diretoria de Competições da CBF realiza do Seminário de Operações 2018

Diretoria de Competições da CBF realiza do Seminário de Operações 2018

Créditos: Fernando Torres / CBF

Diretoria de Competições da CBF realiza do Seminário de Operações 2018

Diretoria de Competições da CBF realiza do Seminário de Operações 2018

Créditos: Fernando Torres / CBF

A Diretoria de Competições da CBF reuniu os 60 clubes da séries A, B e C do Brasileirão, representantes das federações estaduais, emissoras detentoras de direitos de transmissão e entidades de imprensa para o Seminário de Operações 2018. Durante a tarde desta sexta-feira (6), foram mostradas as novidades para este ano e os procedimentos bem-sucedidos que vão continuar.

Pela primeira vez na história, os jogos da Série C passam a ter protocolo de entrada dos times e padronização dos procedimentos programados para antes, durante e depois que a bola rolar. A organização das séries A e B passou por aperfeiçoamento.

O visual do protocolo do Brasileirão evoluiu: além do pórtico personalizado da Série A, houve mudanças visuais na estrutura que exibe os escudos dos clubes e a na base da bola oficial, que ganhou o formato do troféu do Campeonato Mais Equilibrado do Mundo.

No evento desta sexta, a CBF mostrou aos participantes os mapas de posicionamento em campo, com indicação dos locais corretos e os coletes de identificação dos times, equipes de apoio e imprensa em todos os estádios da séries A, B e C. Já está disponível o sistema para pedidos de credenciamento das pessoas que trabalham no gramado para todos os jogos até o início da Copa do Mundo da FIFA Rússia 2018.

– Estamos muito satisfeitos com a presença em massa dos dirigentes e executivos porque a nossa estratégia é construída em parceria com os clubes. Sempre trocamos ideias, ouvimos as reivindicações e mostramos as regras do protocolo para agregarmos valor ao campeonato e tornar o Brasileirão um sucesso maior a cada ano – afirmou o diretor de Competições da CBF, Manoel Flores.

Diálogo constante

A Diretoria de Competições criou grupos de whatsapp que deixam seus supervisores em contato direto com as federações estaduais. A cada rodada, a CBF dialoga para ajustar os detalhes e tirar dúvidas, afinando a operação das 30 partidas previstas (dez de cada série).

Colaboração dos clubes

Outra novidade anunciada é a criação do Relatório de Time Visitante, que terá todas as observações sobre o tratamento recebido e a estrutura encontrada pelo clube no estádio do adversário. Este documento será somado aos relatórios do delegado da partida e dos supervisores (CBF e federação), gerando informação de inteligência para melhorar as condições oferecidas aos profissionais.

Ações de Marketing

Mascotes e cheerleaders dos clubes podem realizar ações no gramado, mas devem ficar atrás dos gols, durante os 90 minutos. Na entrada em campo, cada time por levar 44 crianças, devidamente, uniformizadas, de 3 a 12 anos (até 1,5 metro de altura). Esta medida foi proposta e aprovada pelos presidentes dos clubes, no Conselho Técnico da Série A do Brasileirão 2018.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro