ABC-RN, América-RN, Atlético-CE, Campinense e Ferroviária-SP estão classificados às quartas da Série D do Brasileiro

ABC-RN, América-RN, Atlético-CE, Campinense e Ferroviária-SP estão classificados às quartas da Série D do Brasileiro

Foram conhecidas neste domingo (3) as últimas cinco equipes garantidas na próxima fase da Série D do Brasileiro

Ferroviária-SP avança e confronto contra o Esportivo-RS Ferroviária-SP avança e confronto contra o Esportivo-RS
Créditos: Jonatan Dutra/Ferroviária

Os últimos cinco clubes classificados às quartas de final da Série D do Brasileiro foram conhecidos na tarde deste domingo (3). O Campinense-PB derrotou o Guarany de Sobral-CE por 2 a 0, em Sobral (CE). Jogando em São Luís (MA), o América-RN fez 4 a 2 no Moto Club-MA e avançou de fase. Na Arena Verde, em Paragominas (PA), o time da casa venceu o Atlético-CE por 2 a 1, mas foi eliminado no placar agregado. Já o ABC-RN ganhou por 2 a 0 do 4 de Julho-PI, no Frasqueirão, em Natal e avançou. Enquanto na Fonte Luminosa, em Araraquara (SP), a Ferroviária ficou no empate com o Esportivo-RS, em 1 a 1, mas avançou no placar somado.

Veja o resumo das oitavas de final!

+Confira a tabela completa da Série D do Brasileirão!

Os jogos

Guarany de Sobral -CE 0 x 2 Campinense-PB

Em duelo realizado no Estádio Junico, em Sobral (CE), o Campinense venceu o Guarany de Sobral-CE e se garantiu na próxima fase da Série D. Após primeiro tempo sem gols, a Raposa marcou dois na reta final para confirmar sua classificação. Aos 39 minutos, Anselmo recebeu, arrancou, finalizou, a bola se apresentou para Fábio Lima, que desviou para as redes. Já aos 47 minutos, foi a vez de Fábio cobrar a falta, o goleiro Théo espalmar e Anselmo, de voleio, mandar para o gol, definindo o placar.

Como a Campinense venceu o duelo da ida por 2 a 1, o time visitante se garantiu com um placar agregado de 4 a 1.

Moto Club-MA 2 x 4 América-RN

O América-RN voltou a derrotar o Moto Club-MA , desta vez no Nhozinho Santos, em São Luís (MA), e carimbou sua vaga nas quartas. Na primeira etapa, o time visitante deixou encaminhada sua classificação: aos 14 minutos, Luiz Henrique serviu Mazinho, que bateu colocado e inaugurou o placar. Na marca dos 42, Varão finalizou sem força, e a bola encontrou o artilheiro do jogo, Mazinho, que apenas chutou com estilo e ampliou.

No segundo tempo, o Mecão fez o terceiro com 14 minutos, em transição rápida de Luiz Henrique que terminou em um chute rasteiro para o fundo da meta do Moto. Porém, a equipe da casa reagiu: com 20 minutos, Lucas Hulk invadiu a área e chutou firme para diminuir. Já aos 31, de pênalti, Wallace Lima fez o segundo. Entretanto, a reação do Papão terminou quando Luiz Henrique apareceu pelo lado esquerdo e finalizou com estilo para fazer o quarto e definir o placar, aos 39 minutos.

O América-RN se classificou com um placar agregado de 5 a 2.

ABC-RN 2 x 0 4 de Julho-PI

Jogando no Frasqueirão, em Natal (RN), o ABC derrotou o 4 de Julho e se classificou. Aos 33 minutos, Netinho cruzou da direita e Gustavo Henrique, de peixinho, fez de cabeça. Na etapa final, aos 28, Negueba lançou Wallyson, que dentro da área, finalizou rasteiro, fez o segundo e definiu o placar. 2 a 0.

No placar agregado, o time de Natal se classificou com 3 a 1.

Paragominas-PA 2 x 1 Atlético-CE

O Paragominas-PA venceu o Atlético-CE por 2 a 1, na Arena Verde, mas não foi suficiente para garantir sua vaga nas quartas. O time mandante fez seus dois gols no primeiro tempo. Com 26 minutos, Kaikinha aproveitou o cruzamento da direita e desviou de cabeça para o gol. Já aos 44, Wellyson ganhou a bola na grande área e fuzilou para as redes.

Porém, no segundo tempo, o Atlético diminuiu: na marca dos 23, Iago pegou o rebote da trave e estufou a rede do Paragominas, descontando o placar, que terminou assim.

Com o resultado, o Atlético-CE avançou com o placar agregado de 3 a 2.

Ferroviária-SP 1 x 1 Esportivo-RS 

Na Fonte Luminosa, em Araraquara (SP), a Ferroviária empatou com o Esportivo-RS em 1 a 1, mas se classificou: o Ferrinha saiu na frente aos 27 minutos, Bernardo arrancou em velocidade, serviu Júlio Vitor, que pelo lado esquerdo, driblou a marcação e fuzilou a meta adversária.

O Esportivo-RS chegou a empatar, aos 46 minutos do segundo tempo, com Peixoto em uma bomba rasteira, mas não foi suficiente para se classificar. No fim, Ian Luccas, da Ferroviária e Norton, do Esportivo, foram expulsos.

No placar agregado, o time paulista se classificou com 3 a 2.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil