Sampaio Corrêa e Náutico fazem a finalíssima da Série C neste domingo

Sampaio Corrêa e Náutico fazem a finalíssima da Série C neste domingo

Timbu sonha com o primeiro título nacional e precisa apenas de um empate. Bolívia quer o tetra nacional e precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença

Arte para a final da Série C 2019: Sampaio Corrêa x Náutico

Créditos: Thaís Magalhães/CBF

A Série C do Campeonato Brasileiro 2019 chega ao seu grande dia. Neste domingo (6), às 16h (de Brasília), Sampaio Corrêa e Náutico disputam os últimos 90 minutos da competição na temporada. O Timbu venceu o jogo de ida por 3 a 1, mas o confronto desta tarde é no Castelão, em São Luís (MA), e a Bolívia Querida conta com o apoio da torcida local para reverter o resultado e buscar o troféu. 

O time da casa já conquistou as Série D, C e B e sonha com um tetracampeonato nacional, e bi da Série C. A equipe maranhense precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis. O técnico João Brigatti tem o zagueiro Paulo Sérgio novamente à disposição. O atleta ficou fora do jogo de ida por lesão muscular. Na lateral-esquerda, o comandante do Sampaio tem dúvida entre João Vitor e Romano. 

O time do Sampaio tem como trunfo o bom retrospecto em casa. A equipe tem 100% de aproveitamento no Castelão a partir da fase mata-mata da Série C 2019. Outro fator que pode ajudar é ter o público ao lado. Mais de dez mil ingressos foram vendidos antecipadamente e a expectativa é de estádio lotado neste domingo. 

O Náutico chega com uma bela vantagem para este duelo da volta. A equipe tem uma estratégia traçada, mas a ideia é não mudar muito o estilo de jogo. A tendência para o jogo, aliás, é que o técnico Gilmar Dal Pozzo mantenha a escalação do jogo de ida. 

Volante e capitão do Timbu, Josa não esconde que este é um momento bastante especial para o clube. O Náutico não tem nenhum título nacional e quer conquistar o primeiro em São Luís. 

- É uma expectativa muito grande. Particularmente, será o meu primeiro título nacional, a gente está muito consciente disso. É um clube centenário, vamos fazer parte dessa história, mas temos de estar focados. São os 90 minutos mais importantes do ano, é o jogo para cravar o título, tivemos uma semana espetacular e o grupo sabe o que tem que fazer. Agora é a hora de botar em prática dentro do campo - declarou. 

A bola rola às 16h (de Brasília) e a equipe de comunicação da CBF faz a cobertura do jogo através dos perfis oficiais nas redes sociais e conta tudo sobre a festa do campeão em matérias aqui em cbf.com.br e na CBF TV. Fiquem ligados!

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro