Milagres de Simão garantem dobradinha do Operário

Milagres de Simão garantem dobradinha do Operário

Goleiro do Fantasma fez defesas fundamentais e foi um dos heróis da conquista do bicampeonato do clube

Cuiabá x Operário pela final do Brasileirão Série C

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Foi sob gritos de "São Simão" e de "É o melhor goleiro do Brasil" que o apito final da Série C do Campeonato Brasileiro foi dado. O goleiro do campeão Operário operou diversos milagres no jogo - principalmente nos minutos finais - que deixaram torcedores e jornalistas incrédulos. Para ele, a atuação na Arena Pantanal neste sábado (22) foi a melhor de toda sua carreira.

— Pela importância é sim [a melhor atuação da carreira]. A gente trabalha para estar ali e ajudar. Treina muito para isso e quando a bola chega ali, tenho que ajudar — disse em entrevista ao site da CBF.

Mas não foi apenas neste ano que Simão deixou o Fantasma mais próximo do tão sonhado troféu de campeão. No clube desde 2016, o goleiro também foi um dos heróis da conquista da Série D na temporada passada. Na ocasião, o clube se sagrou campeão após 
vencer o Globo-RN por 5 a 0 no Manoel Barreto, em Ceará-Mirim, e perder por 1 a 0 no Germano Krüger, em Ponta Grossa. O atleta destacou a importância desse título na trajetória do clube paranaense.

— Agora é valorizar muito esse título, esse grupo e esse clube por ser bicampeão nacional. Um time que até dois anos atrás não tinha divisão, hoje está na Série B e vem fazendo um projeto muito sério com honestidade e com caráter — afirmou.

Tanto para o goleiro quanto para o presidente do clube, Álvaro Góes, o sentimento que fica após o bicampeonato é de dever cumprido.

— O sentimento é de dever cumprido. Isso é um feito inédito no Brasil porque ninguém tem dois Campeonatos Brasileiros de Série D e C. Nós temos hoje. Está de parabéns — concluiu Álvaro Góes.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro