Atacante do Operário sonha com gol do título em Arena da Copa do Mundo

Atacante do Operário sonha com gol do título em Arena da Copa do Mundo

Construída para a Copa do Mundo Brasil 2014, Arena Pantanal vai receber o maior jogo de sua história e Bruno Batata é uma das esperanças de gol do Fantasma

Bruno Batata - Operário Ferroviário

Créditos: Laura Zago

Final de Campeonato em um estádio de Copa do Mundo lotado é o sonho de todo atleta profissional. Com Bruno Batata não é diferente. O desejo do atacante do Operário pode se realizar em breve, já que a equipe vai disputar a grande final da Série C do Campeonato Brasileiro 2018, diante do Cuiabá, neste sábado (22). Construída para o Mundial do Brasil, em 2014, e com capacidade para mais de 40 mil torcedores, a Arena Pantanal vai receber o maior jogo da sua história. O camisa 9 do Fantasma quer ajudar a escrever essa página do futebol nacional.

 Todo atleta de alto rendimento quer participar dos grandes jogos. E os grandes jogos têm que ser nos grandes palcos. Então, estar num estádio de Copa do Mundo é uma motivação a mais para que a gente possa fazer um grande jogo. É a minha primeira vez nesse estádio. Se a gente conseguir ser campeão e eu fizer um golzinho, vou voltar para casa realizado – disse em entrevista ao site da CBF.

Todos os ingressos para a partida foram vendidos - se espera, para essa noite, o maior público da Arena até o momento - e a expectativa é que uma caravana de Ponta Grossa (PR) desembarque em Cuiabá. Para o jogador, a presença dos torcedores do Fantasma é uma motivação a mais para a equipe.

– Motiva e aumenta a responsabilidade também. O Operário vem numa fase muito boa e o torcedor está em êxtase. A nossa responsabilidade é muito grande, mas a gente vai fazer de tudo para presentear o torcedor – afirmou.

Não existe critério de gol qualificado e, desta forma, o vencedor levanta o tão sonhado troféu de campeão. Um novo empate, por qualquer placar, leva a decisão para os pênaltis. Sabendo disso, o atacante destaca a expectativa positiva para a partida.

– No primeiro jogo foram duas equipes buscando bastante o gol. Tanto é que saíram vários. Eu, como centroavante, estou mais perto do gol e a expectativa é estar ali para ajudar o Operário, mas o mais importante é, realmente, que a gente consiga se sagrar campeão – finalizou.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Mastercard GOL CIMED SEM TCL FIAT English Live Ultrafarma Technogym Statsports