Série B: Oeste-SP vence o Avaí fora de casa; Brasil-RS e Operário-PR empatam sem gols

Série B: Oeste-SP vence o Avaí fora de casa; Brasil-RS e Operário-PR empatam sem gols

Na abertura da 25ª rodada, Xavante e Fantasma ficaram no 0 a 0 no Bento Freitas. Na Ressacada, Rubrão triunfou por 3 a 0 diante do Leão. Veja como foram as partidas

Nesta segunda-feira (30), duas partidas inauguraram a 25ª rodada da Série B do Brasileiro. Em Pelotas (RS), Brasil-RS e Operário-PR empataram em 0 a 0 no estádio Bento Freitas. Mais tarde, o Oeste-SP visitou o Avaí na Ressacada, em Florianópolis (SC), teve ótima atuação e venceu por 3 a 0. Veja como foram os confrontos:

+ Confira a tabela completa da Série B!

Avaí 0 x 3 Oeste-SP

Fora de casa, Oeste fez excelente partida e bateu o Avaí por 3 a 0 Fora de casa, Oeste fez excelente partida e bateu o Avaí por 3 a 0
Créditos: R.Pierre/AGIF

Mesmo jogando longe de seus domínios, o Oeste foi melhor e teve boa oportunidade com Caio logo aos seis minutos, embora o impedimento tenha sido assinalado. Com mais volume de jogo, o Rubrão voltou a assustar aos 18, em chute cruzado de Pedrinho que parou em Glédson. Por sua vez, o Avaí só conseguiu finalizar aos 21, em bomba de Rômulo salva por Caíque França. O Leão chegou novamente aos 32, quando Getúlio chutou e o arqueiro do time paulista defendeu à queima-roupa. A última chance da etapa inicial também foi dos catarinenses, desta vez em testada de Alan Costa aos 47, mas o goleiro Rubro-Negro fez outra intervenção importante.

No entanto, o Oeste voltou ligado na etapa final e abriu o placar na primeira chance. Aos dois minutos, Salomão cruzou da ponta esquerda e achou Fábio, que testou para a rede. O time visitante ameaçou de novo com Bruno Lopes, que perdeu oportunidade dentro da área ao chutar para fora. Contudo, não demorou para o Rubrão ampliar: aos 13, a defesa bobeou, Pedrinho arrancou e deu uma cavadinha para balançar o barbante. O atacante deixou sua marca novamente aos 27; curiosamente, a jogada começou após um chute do Avaí que acertou o travessão. No contra-ataque, ele recebeu livre de marcação na cara do gol e só completou para a meta vazia.

Bruno Alves quase fez o quarto do Oeste, mas chutou para fora e perdeu grande chance. O Avaí ainda tentou chegar nas bolas paradas, em duas cobranças de falta de Valdívia. Porém, Caíque França salvou a primeira e a segunda bateu no travessão. No entanto, os paulistas mantiveram o triunfo sem muita dificuldade. Apesar da vitória, o Rubrão segue na lanterna da competição, com 15 pontos. O Leão é o sétimo colocado, com 36.

Brasil-RS 0 x 0 Operário-PR

Na abertura da 25ª rodada, Brasil-RS e Operário-PR empataram em 0 a 0 Na abertura da 25ª rodada, Brasil-RS e Operário-PR empataram em 0 a 0
Créditos: Volmer Perez/AGIF

O primeiro tempo foi bastante equilibrado no Bento Freitas, em Pelotas (RS). A equipe da casa finalizou mais: a primeira boa chance foi de Bruno José, em cabeceio aos oito minutos. Aos 28, Matheus Oliveira saiu cara a cara com Thiago Braga, mas chutou fraco e o goleiro levou a melhor. Depois, aos 38, o remate cruzado de Jarro Pedroso passou em frente ao gol e foi desviado pelo arqueiro. O Fantasma só teve uma grande oportunidade. Aos 23, Diego Cardoso triscou cruzamento rasteiro e mandou ao lado.

A etapa final foi igualmente estudada. O Operário teve duas boas chances de cabeça com Ricardo Bueno e Mazinho, mas ambas não acertaram o alvo. O lance de maior perigo do segundo tempo saiu dos pés de Bruno José, já aos 38 minutos: ele driblou pelo meio, arriscou o chute de longe e quase colocou o Xavante na frente, mas o goleiro Thiago Braga espalmou. Com pouco ímpeto no ataque de ambos os lados, o placar ficou zerado até o fim.

Com o resultado, os dois times seguem em pé de igualdade, com 33 pontos ganhos. Por ter uma vitória a mais (oito a sete), o Operário-PR subiu para o 11º lugar, e o Brasil-RS ocupa a 12ª posição.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro NIKE GUARANÁ ANTÁRTICA VIVO ITAÚ MASTERCARD GOL CIMED SEMP TCL FIAT PAGUE MENOS 3 CORAÇÕES TECHNOGYM STAT SPORTS