Série B: Botafogo-SP e Guarani vencem; Londrina e Atlético-GO empatam

Série B: Botafogo-SP e Guarani vencem; Londrina e Atlético-GO empatam

Como mandante, Botafogo-SP e Guarani venceram seus jogos, enquanto Londrina e Atlético-GO ficaram no empate em 1 a 1

Botafogo-SP vence o Oeste pela 14ª rodada da Série B

Créditos: Thiago Calil/AGIF

A bola segue rolando para a 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta sexta-feira (2), três jogos movimentaram a competição. No Estádio do Café, Londrina e Atlético-GO ficaram no empate em 1 a 1. Já Botafogo-SP e Guarani fizeram valer o mando de campo e venceram seus jogos diante de Oeste e Bragantino, respectivamente. Confira os detalhes das partidas:

+Veja o complemento da rodada da Série B!

Londrina 1 x 1 Atlético-GO
O jogo era em Londrina e o time da casa até tentou uma pressão inicial, mas foi o Dragão que assustou primeiro. Aos 14 minutos, Matheuzinho cobrou falta, Jorginho cabeceou firme rente e viu a bola tirar tinta trave do Tubarão. A chance animou os vistantes que passaram a comandar as ações da partida. Dois minutos depois, Matheuzinho apareceu de novo e, dessa vez, arriscou o chute direto para gol, que passou rente ao poste. O Atlético continuou no ataque e, aos 19, Petardo soltou o pé para boa defesa do goleiro do Londrina. Já aos 28, a insistência goiana enfim surtiu efeito. Nicolas cruzou na medida para Pedro Raul testar para o fundo das redes: 1 a 0. A resposta do Tubarão veio aos 47. Dagoberto cobrou falta direto na trave e Germano aproveitou a sobra para deixar tudo igual no Estádio do Café. Com gol nos acréscimos, os donos da casa voltaram do intervalo mais confiantes e quase chegaram à virada no primeiro minuto da etapa complementar. Anderson Oliveira pegou um rebote na área levando perigo à meta atleticana. Aos 18, o Londrina teve mais uma chance. Após cobrança de falta, Safira assustou a defesa do Dragão. Aos poucos o ritmo da partida diminuiu e a parcial do primeiro tempo permaneceu até o apito final.

O empate manteve o Tubarão na terceira posição, agora com 24 pontos. Já o Atlético-GO é o vice-líder, com 25 pontos. 

Botafogo-SP 3 x 2 Oeste
No duelo paulista, o Oeste começou dando as cartas em Ribeirão Preto. Aos 16, Matheus Oliveira finalizou da entrada da área, a bola ainda desviou no meio do caminho, mas Darley apareceu para evitar o gol. Cinco minutos depois foi a vez de Bruno Lopes arriscar para o Rubrão. A resposta do Botafogo veio de forma certeira. Aos 33, após cobrança de escanteio, Luiz Otávio aproveitou a sobra e mandou para o fundo das redes: 1 a 0. Só que a vantagem dos donos da casa durou pouco. Na marca dos 38, Matheus Oliveira soltou o pé da intermediária, Darley fez a defesa, mas no rebote Fábio não perdoou deixando tudo igual no placar. E a reação dos Oeste não parou por aí. Logo na sequência, o camisa 9 teve mais uma boa chance e também não desperdiçou. Depois de ótimo contra-ataque, o atacante saiu em velocidade e bateu cruzado para fazer 2 a 1. Minutos antes do intervalo, o Tricolor voltou a assustar, mas a finalização de Pará passou por cima da meta adversária. Na volta do intervalo, o Botafogo precisou de nove minutos para empatar a partida. Murilo pegou um rebote na área e empurrou para dentro do gol. Do lado do Rubrão, Cicinho e Bonilha tiveram chances, mas foi novamente o time da casa que encontrou o caminho das redes. Já nos acréscimos, a arbitragem assinalou pênalti para o Tricolor, Rafael Costa bateu com segurança e garantiu a vitória do Botafogo. 

O resultado colocou o Botafogo-SP momentaneamente no G-4, com 23 pontos. Já o Oeste tem 17 pontos e segue na 12ª colocação. 

Guarani 1 x 0 Bragantino
No Brinco de Ouro, Guarani e Bragantino fizeram um primeiro tempo de poucas chances. Mesmo jogando fora de casa, o Bragantino controlou mais a partida nos 45 minutos iniciais. A melhor chegada no Alvinegro saiu aos 26 minutos, após bola alçada na área, Thiago Ribeiro escorou para Ytalo, que mandou por cima da meta. Do outro lado, os mandantes levaram perigo já na marca dos 42. Davó pegou uma sobra após cobrança de escanteio, mas mandou pela linha de fundo. Na etapa complementar, o duelo ganhou em movimentação. Logo aos seis minutos, o Bragantino teve duas oportunidades em sequência. Na primeira, Lucas Ramon carimbou a trave e, no rebote, Barreto soltou o pé para boa defesa de Klever. Já aos 15, o Bugre respondeu com bola na rede. Vitor Feijão fez boa jogada de velocidade e cruzou na medida para Michel Douglas testar para dentro do gol: 1 a 0. Querendo o empate, o Alvinegro foi para cima e teve boas chances com Ytalo e Pio, mas Klever brilhou debaixo das traves e garantiu a vitória do Guarani. 

Com a vitória, o Bugre alcançou a marca dos 13 pontos e vai dormir fora da zona de rebaixamento. Já o Bragantino segue na ponta da tabela, com 27 pontos. 

 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro