Série B: Em confronto direto pela liderança, América-MG e Chapecoense empatam

Série B: Em confronto direto pela liderança, América-MG e Chapecoense empatam

Além do duelo entre líder e vice-líder, o CRB venceu o Botafogo-SP, enquanto Guarani e Figueirense também empataram

América-MG e Chapecoense ficaram no 2 a 2 em confronto direto pela liderança da Série B América-MG e Chapecoense ficaram no 2 a 2 em confronto direto pela liderança da Série B
Créditos: Fernando Moreno/AGIF

Três jogos movimentaram a 30ª rodada da Série B, neste domingo (20). Destaque para o duelo entre líder e vice-líder da competição. No Independência, América-MG e Chapecoense ficaram no 2 a 2. Mesmo placar do confronto entre Guarani e Figueirense. Já no Rei Pelé, o CRB fez o dever de casa e venceu o Botafogo-SP por 1 a 0. Confira os detalhes as partidas:

+Confira a tabela da Série B!

América-MG 2 x 2 Chapecoense

Jogando em casa e de olho na liderança, o Coelho criou a primeira oportunidade com um minuto de jogo em finalização de Ademir. A resposta da Chape veio aos nove minutos, em cabeçada perigosa de Ronei. O duelo seguiu movimentado, mas as defesas se sobressaíram durante boa parte da etapa inicial. Até que, já aos 39 minutos, Alan Ruschel bateu cruzado e Aylon apareceu para colocar os visitantes em vantagem. Ainda antes do intervalo, o América teve a chance do empate com Felipe Azevedo e Geovane. O primeiro parou em João Ricardo, enquanto o segundo errou o alvo. 

Se no primeiro tempo, Felipe Azevedo ficou no quase, na parte final do duelo, o atacante deixou tudo igual no marcador, aos oito minutos, após assistência de Sávio. Os mineiros seguiram pressionando e a virada por pouco não veio com Rodolfo, aos 17. Mas foi a Chapecoense que voltou a marcar. Aos 29, Bruno Silva aproveitou uma falha da defesa adversária, tocou para Anselmo Ramon, que devolveu para o camisa 14 fazer 2 a 1. Novamente em desvantagem, o Coelho foi para cima e a pressão surtiu efeito já na marca dos 43 minutos. Alê cobrou escanteio, Marcelo Toscano fez o desvio e Anderson Jesus chegou para completar e dar números finais à partida: 2 a 2.

Com o resultado, a Chapecoense se mantém na liderança e soma agora 59 pontos. Enquanto o América é o vice-líder, com 57. 

CRB 1 x 0 Botafogo-SP

Querendo fazer as pazes com a vitória, o CRB tomou a iniciativa do jogo e chegou a assustar no início do primeiro tempo em finalizações de Pablo Dyego e Lucão. Enquanto, aos 30, o Galo quase abriu o placar em cabeçada de Gum. Do outro lado, o Botafogo teve sua melhor oportunidade em cobrança de falta de Matheus Anjos. Na volta do intervalo, o time da casa continuou pressionando e, aos 11, Pablo Dyego teve nova oportunidade e dessa vez não perdoou. Após cobrança de escanteio, a bola ficou viva na área, Robinho arriscou o chute e o atacante apareceu para completar para o fundo das redes. Tentando o empate, o Tricolor chegou a assustar com Valdemir, aos 29. Já aos 33, Daniel Amorim quase marcou o segundo do Galo. Mas não fez falta e os alagoanos garantiram a vitória.

Depois de sete rodadas de jejum, o CRB voltou a vencer na Série B, chegou aos 37 pontos e abriu cinco de vantagem para o Z-4. Já o Botafogo tem 25 pontos e aparece na 19ª colocação. 

Guarani 2 x 2 Figueirense

As equipes buscaram o gol incessantemente no Brinco de Ouro. Logo aos cinco minutos, Renanzinho já dava uma prévia do que seria o duelo. Após cruzamento de Murilo Rangel, o atacante testou firme para colocar o Guarani na frente. Em cobrança de pênalti, Lucas Barcelos empatou a partida para o Figueira, aos 24. Mas, seis minutos depois, novamente Renanzinho apareceu para o time da casa. O camisa 35 recebeu dentro da área e mandou de cobertura para fazer 2 a 1. Minutos antes do intervalo, mais uma vez Renanzinho e Lucas Crispim assustaram para o Bugre. No segundo tempo, o jogo continuou bastante movimentado e o Guarani seguiu criando as melhores oportunidades. Mas, aos 30, Matheus Neris aproveitou uma sobra de escanteio e de voleio anotou um golaço deixando tudo igual de novo. 

Com o resultado, o Bugre chegou aos 44 pontos, se mantém na oitava posição, mas perdeu a chance de encostar ainda mais no G-4 Enquanto o Figueirense segue na zona de rebaixamento, com 32 pontos. 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil