Missão Série A 2019: Avaí focado para reta final da Série B

Missão Série A 2019: Avaí focado para reta final da Série B

Pela 37ª rodada do Brasileirão Série B 2018, Avaí-SC e CSA-AL se enfrentam no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), às 17h (de Brasília), e olho no acesso à Série A

Judson, volante do Avaí na Série B do Brasileirão 2018

Créditos: Frederico Tadeu / Avaí F.C.

Não há como esconder o clima de decisão em torno do confronto entre Avaí-SC e CSA-AL neste sábado (17). Pela 37ª rodada do Brasileirão Série B 2018, o decisivo duelo, pintado de azul e branco, está marcado para o Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), às 17h (de Brasília). Em campo, dois rivais diretos na luta por um sonho construído e trabalhado durante toda a temporada: retornar à elite do futebol brasileiro em 2019. Para o Leão da Ressacada não existe mistério: é preciso buscar o resultado para seguir viva a esperança pela Série A.

A tensão ao redor da “decisão” se explica: o grupo avaiano é o quinto colocado na tabela do Brasileirão Série B 2018 (57 pontos) e já consegue enxergar as portas para regressar à elite do futebol brasileiro. A missão azurra não será nada fácil. Entre o sonho leonino e o Brasileirão 2019 está o CSA-AL, atualmente na terceira posição com dois pontos a mais que os catarinenses. Aos rivais, basta vencer a partida deste sábado para garantir uma vaga entre os 20 melhores clubes do país. O Avaí quer desmantelar esta oportunidade e, de quebra, abrir vantagem sobre os concorrentes. 

Volante Judson detalha passos da missão

A equipe avaiana sabe que, se vencer, está de volta ao G-4 da Série B. Para buscar o triunfo em Maceió (AL), o time do técnico Geninho tem a seu favor uma estatística que pode fazer a diferença neste sábado. O Leão da Ilha é, empatado com a Ponte Preta-SP, o visitante mais temido desta edição da Série B 2018. Foram oito vitórias e cinco empates em 18 jogos na casa dos adversários. Destaque do elenco azurra na temporada, um dos líderes do elenco e identificado com a massa leonina, o volante Judson ressaltou a força do Avaí fora da Ressacada como um trunfo valioso.

“A gente sabe o que estamos mostrando fora de casa. Temos um bom desempenho e isto nos dá esperanças para fazer um grande jogo contra o CSA. Respeitamos a equipe deles, sabemos que lá (no Rei Pelé) estará lotado, mas nós queremos o resultado também”, comentou. 

A concorrência pelas três vagas em aberto para chegar à Série A no próximo ano está eletrizante. Sete equipes disputam nas últimas rodadas a concretização do acesso. Apesar de depender apenas dos próprios resultados para voltar à elite do futebol brasileiro, Judson garante que tropeços dos adversários serão bem-vindos. No entanto, o volante frisou que o elenco azurra não pode se concentrar nos rivais e precisa focar na missão que tem pela frente: CSA neste sábado e Ponte Preta na última rodada, no dia 24 de novembro, na Ressacada.

“O nosso objetivo está na nossa frente. Dependemos apenas de nossas forças. Não adianta ficar secando adversário. Precisamos fazer a nossa parte. Se for tudo bem feito, com certeza conseguimos nosso objetivo”, finalizou Judson.

Confira os principais detalhes da reta final do Brasileirão Série B 2018 na página completa da competição.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações