Juventude e Ponte Preta se enfrentam em confronto de opostos

Juventude e Ponte Preta se enfrentam em confronto de opostos

Além deste duelo, outros três jogos movimentam a abertura da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B de 2018. Confira os detalhes!

Ponte Preta x Juventude

Créditos: PontePress/FábioLeoni

Nesta sexta-feira (9) se inicia a mais uma rodada do Campeonato Brasileiro Série B de 2018, que tem a briga pelo acesso mais equilibrada desde 2006. Além dessa luta pela chegada à Série A de 2019, faltando três rodadas, apenas uma equipe está matematicamente rebaixada. Ou seja, até o dia 24 de novembro tudo pode acontecer. E neste dia 9 um confronto junta essas duas lutas. Juventude-RS e Ponte Preta-SP se encontram às 20h30 no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). O clube sulista está na 18ª colocação com 35 pontos, seis a menos que o CRB-AL, primeiro colocado fora da zona. Já a equipe paulista, em 6º com 53 pontos, tem quatro pontos de diferença para os dois primeiros colocados na zona de classificação para a primeira divisão de 2019. 

O lado Jaconero

Vindo de uma sequência desesperadora, o Juventude luta contra o rebaixamento em um ano que se iniciou de uma maneira diferente. Na 17ª rodada o clube era 10º colocado e tinha acabado de vencer a própria Ponte Preta, fora de casa. Após esse duelo, o clube Jaconero entrou em uma crise de resultados. Foram 10 rodadas sem triunfar na competição, até encontrar o Atlético-GO, quando venceu por 1 a 0 fora de casa. Após esse jogo, mais uma sequência ruim e por três rodadas a equipe apenas perdeu. Sua última vitória foi diante do Sampaio Corrêa-MA, por 1 a 0, dentro de seus domínios. Ou seja, após uma boa vitória fora de casa diante da Macaca, o Juventude venceu apenas duas partidas e foi da 10ª colocação para a zona de rebaixamento, postulando a 18ª posição. 

Caso perca mais uma vez, ou venha a empatar, o clube sulista necessita que o Criciúma-SC perca ou o CRB-AL venha a empatar. Caso contrário, o clube estará matematicamente rebaixado da competição. Para o Juventude, apenas a vitória interessa e situações como a chance claríssima para empatar o último duelo diante do próprio CRB-AL, aos 20 minutos, numa cabeçada de Hugo Sanches, não podem ser desperdiçadas. João Carlos, goleiro do clube alagoano, fez ótima defesa e, no rebote, Elias bateu prensado com o defensor e perdeu a oportunidade de igualar o placar. 15 minutos depois o Galo ampliou o placar e fechou o jogo. 

O lado Pontepretano

Já a a equipe da Ponte Preta realizou na manhã dessa quinta-feira (8), a última atividade antes do jogo contra o Juventude. Em antemão ao seu adversário, o clube paulista vem em uma sequência de muita confiança anotando cinco vitórias e um empate nos últimos seis jogos. Na reta final da competição o clube alcançou sua melhor colocação no Brasileiro Série B de 2018 e se aproximou ainda mais da zona de classificação. Agora, a distância para o terceiro e quarto colocados são de apenas quatro pontos, deixando viva a possibilidade de voltar para a primeira divisão ainda nesta temporada. Diante desse cenário, o grupo de atletas está confiante em manter a sequência positiva de resultados. 

 

"Não adianta pensarmos no último jogo,

se não vencermos o que vem pela frente"

 

– Quando vem vitória é uma sensação muito boa. Até porque estamos jogo atrás de jogo precisando vencer. Não adianta pensarmos no último jogo, se não vencermos o que vem pela frente – afirmou o atacante Roberto. 

No último confronto entre as equipes, uma derrota dentro de casa. Aos quatro minutos do primeiro tempo o clube sulista fez o gol da vitória, com Elias. Agora, diante do mesmo Juventude, fora de casa, o atleta espera um adversário com uma proposta mais ofensiva.

– Dentro de casa, os times vem fechados para explorar contra-ataques, ou uma bola parada e nos surpreender. Aqui temos que propor o jogo. O Juventude, na minha visão, terá que propor o jogo, porque eles precisam da vitória também e jogando em casa terão que atacar. Vamos observar o que o Gilson irá armar, para termos chances de surpreendê-los – avaliou o atleta. 

Os outros duelos

Além deste confronto que promete pegar fogo, a competição tem outras três partidas agitando a abertura da 37ª rodada. Às 19h15 o Vila Nova-GO recebe o Figueirense-SC no Serra Dourada, em Goiânia (GO). Com 52 pontos o clube goiano ainda luta por uma vaga na Série A, enquanto o clube catarinense precisa de apenas um empate para se assegurar na segunda divisão. Mais tarde, às 20h30, o Boa-MG abre o Dilzon Melo, em Varginha (MG), para receber o Brasil-RS. O clube mineiro já está matematicamente rebaixado, enquanto a equipe do Rio Grande do Sul ainda briga para escapar da zona da degola. Uma vitória junto de um tropeço do Paysandu-PA garantem a equipe na Série B.

Fechando o dia, às 21h30, o Goiás-GO viaja até o Couto Pereira, em Curitiba (PR), para enfrentar o Coritiba. Em 3º lugar com 57 pontos, o Esmeraldino busca uma reabilitação na competição para garantir o acesso à Série A de 2019, enquanto o Coxa tem a mesma situação do Figueirense-SC: um empate o assegura na divisão.

Para conferir a tabela e a classificação completa do Campeonato Brasileiro Série B de 2018, clique aqui. 

 

 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Mastercard GOL CIMED SEM TCL FIAT English Live Ultrafarma Technogym Statsports