Atlético-GO vira sobre Operário-PR e assume vice-liderança da Série B

Atlético-GO vira sobre Operário-PR e assume vice-liderança da Série B

Líder Bragantino recebeu o Cuiabá em Bragança Paulista (SP), mas ficou apenas no empate por 2 a 2

Atlético-GO vira sobre o Operário-PR e assume vice-liderança da Série B do Brasileirão

Atlético-GO vira sobre o Operário-PR e assume vice-liderança da Série B do Brasileirão

Créditos: Heber Gomes/AGIF

Vila Nova-GO surpreende e vence Brasil-RS fora de casa, encerrando jejum na casa do adversário

Vila Nova-GO surpreende e vence Brasil-RS fora de casa, encerrando jejum na casa do adversário

Créditos: Carlos Insaurriaga/Brasil-RS

Figueirense empata com o Vitória jogando no Orlando Scarpelli, em Santa Catarina

Figueirense empata com o Vitória jogando no Orlando Scarpelli, em Santa Catarina

Créditos: Matheus Dias/Figueirense

A Série B do Campeonato Brasileiro teve o complemento da 13ª rodada na noite desta terça-feira (30). Oito partidas movimentaram a segunda divisão, e os destaques ficaram por conta da virada do Atlético-GO sobre o Operário-PR depois de estar perdendo por 2 a 0, além do empate do líder Bragantino com o Cuiabá, mesmo jogando em Bragança Paulista (SP). 

Atlético-GO 4 x 2 Operário-PR 

Em um dos jogos mais movimentados da 13ª rodada, o Atlético-GO conseguiu uma grande virada sobre o Operário-PR, atuando diante de sua torcida, no estádio Antônio Accioly. O primeiro tempo foi inteiro do Fantasma, que não se intimidou por jogar fora de casa e abriu 2 a 0 no marcador. Peixoto aproveitou cruzamento fechado e, aos 16 minutos, fez o primeiro tento dos visitantes. Aos 44, foi a vez de Maílton balançar as redes do Dragão, em cobrança de pênalti. Apesar da desvantagem, o Rubro-Negro partiu para cima na etapa final e marcou logo aos quatro minutos, com o zagueiro Gilvan. Oito minutos depois, o empate veio com o lateral-esquerdo Nicolas. Aos 25, o atacante Mike aproveitou cobrança de escanteio e, de cabeça, virou o placar para os donos da casa. Já com a vitória encaminhada, ainda deu tempo para Rodrigo Rodrigues marcar o quarto do Atlético-GO, já nos acréscimos, fechando o marcador. O Dragão chegou aos 24 pontos e assumiu a vice-liderança da Série B, três pontos atrás do Bragantino-SP. O Operário se manteve na 13ª colocação com 15 pontos conquistados. 

Bragantino-SP 2 x 2 Cuiabá 

O líder Bragantino entrou em campo diante de sua torcida, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), para enfrentar o Cuiabá. Mesmo jogando fora de casa, o time do Centro-Oeste partiu para cima e abriu o placar logo aos nove minutos. Jean Patrick recebeu belo passe de Alê, passou por dois jogadores e estufou as redes. O Bragantino, no entanto, conseguiu a virada ainda no primeiro tempo. Aos 22, Edimar marcou um golaço em cobrança de falta, no ângulo do goleiro Victor Souza. Aos 43 minutos foi a vez de Ytalo, após cruzamento de Aderlan, colocando o Bragantino na frente. Na volta do intervalo, o Cuiabá repetiu a dose da primeira etapa e, aos três minutos, o atacante Rodolfo aproveitou falha de Thiago Ribeiro, saiu na cara de Júlio Cesar e deixou tudo igual novamente: 2 a 2. Com o empate, o Bragantino chega a 27 pontos, se mantendo na liderança, com três pontos a mais do que o Atlético-GO. O Cuiabá ocupa a 11ª posição, com 17 pontos conquistados. 

Londrina 3 x 0 Paraná 

No duelo paranaense da noite, apenas um time tomou conta da partida. Diante de sua torcida, no estádio do Café, o Londrina não tomou conhecimento do rival Paraná e subiu na tabela de classificação. A vitória do Tubarão começou a ser desenhada aos 31 minutos da primeira etapa. Após cobrança de escanteio, Germano desviou a bola, e o experiente Dagoberto apareceu para empurrar para o fundo das redes. Com a vantagem no marcador e o domínio do jogo, o Londrina ainda contou com a entrada do atacante Luidy, no segundo tempo, para marcar em mais duas oportunidades. Primeiro aos 29 do segundo tempo, em contra-ataque de almanaque, e aos 35, após assistência de Dagoberto. Com o triunfo por 3 a 0, os donos da casa foram a 23 pontos conquistados, subindo para a terceira posição da Série B. Já o Paraná permaneceu com 22, caindo para quinto, deixando o G-4. 

Brasil-RS 0 x 2 Vila Nova-GO 

No estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS), o Vila Nova-GO quebrou o tabu de nunca ter vencido o Brasil-RS em seus domínios. Com a partida começando bem disputada entre as duas equipes, o Vila saiu na frente ainda na etapa inicial. Após boa jogada de Ramon, Neto Moura finalizou e contou com o quique da bola para enganar o goleiro Carlos Eduardo: 1 a 0 para os visitantes. Mesmo na frente no placar, o time de Goiás não recuou e ampliou o marcador no segundo tempo. O lateral-direito Jeferson aproveitou belo passe para sair na cara do gol e não perdoar, dando números finais ao jogo. Com os três pontos, o Vila Nova chegou aos 14, na 15ª posição, e respirou um pouco mais aliviado na briga contra a zona de rebaixamento. Já o Brasil se manteve também com a mesma pontuação, ocupando a 14ª colocação, ficando à frente pelo número de vitórias. 

Figueirense 1 x 1 Vitória 

Precisando pontuar para escapar do Z-4, o Vitória foi até Santa Catarina, no estádio Orlando Scarpelli, para enfrentar o Figueirense. Mas foram os donos da casa que saíram em vantagem no placar, logo aos 15 minutos do primeiro tempo. Após bate-rebate, a bola sobrou para o atacante Willian Popp, já dentro da área, finalizar com categoria e colocar o Figueira na frente. Mas a torcida alvinegra não teve muito tempo para comemorar. Aos 22 minutos, Felipe Gedoz cobrou falta com categoria, e o camisa 9 Anselmo Ramon apareceu para estufar as redes de cabeça, deixando tudo igual no Sul do país. Com o empate, o Figueirense chegou aos 19 pontos conquistados, permanecendo na décima posição. Já o Leão, com 11 pontos, ocupa a 18ª posição, ainda dentro da zona de rebaixamento. 

Ponte Preta 0 x 1 América-MG 

Em Campinas (SP), a Ponte Preta perdeu a oportunidade de encostar nos líderes da Série B do Brasileirão. Jogando no estádio Moisés Lucarelli, a Maraca foi surpreendida pelo lanterna da Segundona dentro de casa. Com o jogo equilibrado desde o primeiro tempo, os donos da casa começaram a se complicar aos 24 minutos da etapa derradeira, com a expulsão do meio-campista Gerson Magrão. Aos 34, outro cartão vermelho. Dessa vez, Matheus Vargas, também da Ponte, foi para o chuveiro mais cedo. Com dois jogadores a mais, o Coelho foi para cima e marcou o gol da vitória aos 43 minutos, quando Felipe Azevedo recebeu de Marcelo Toscano e mandou no ângulo do goleiro Ivan. Com os três pontos, os mineiros chegam aos 10 pontos, mas ainda se permanecem na última posição. A Ponte Preta continua com 19 pontos e ocupa a nona colocação. 

São Bento-SP 1 x 0 Criciúma 

O São Bento-SP finalmente encerrou o jejum de vitórias que já durava sete rodadas. Jogando em casa, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP), o time do interior paulista derrotou o Criciúma pelo placar de 1 a 0. O gol da partida saiu ainda na primeira etapa, aos 27 minutos, quando Paulinho Boía recebeu passe de Doriva, invadiu a área e acertou o ângulo do goleiro da equipe catarinense. O São Bento segurou o placar mínimo até o fim do jogo e chegou aos 12 pontos conquistados na Série B. O time paulista agora ocupa a 17ª colocação, ainda na zona de rebaixamento, enquanto o Tigre está uma posição acima, com 13 pontos na tabela. 

CRB-AL 2 x 2 Oeste-SP 

Em um jogo muito movimentado, CRB-AL e Oeste-SP fizeram um jogo de quatro gols em Maceió, no estádio Rei Pelé. Com apoio da torcida, o Galo saiu na frente logo aos três minutos de jogo. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para o lateral Igor, que não perdoou e estufou as redes do Oeste. O empate, no entanto, não demorou muito. Aos 9, também em cobrança de escanteio, Bruno Lopes surgiu no meio da defesa e escorou para igualar o placar. Na etapa final, a equipe alagoana voltou a ter vantagem quando Léo Ceará se antecipou à defesa e, de cabeça, fez o segundo do CRB. Quando os três pontos já se encaminhavam para o Galo, o Rubro-Negro conseguiu encaixar um bom contra-ataque, terminando nos pés do atacante Fábio, que não deu chances ao goleiro Fernando Henrique e empatou o jogo aos 42 do segundo tempo. O CRB perdeu nova chance de entrar no G-4 e foi a 20 pontos, ocupando a sétima posição. Já o Oeste foi a 17 pontos, na 12ª colocação. 

+ Confira a tabela completa da Série B do Campeonato Brasileiro

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro