Vasco não perde para o Cruzeiro fora de casa há seis anos

Vasco não perde para o Cruzeiro fora de casa há seis anos

Última derrota do Cruzmaltino longe do Rio para os mineiros foi em 2013. Histórico de partidas em casa, no entanto, é favorável ao Cruzeiro

Cruzeiro e Vasco se enfrentaram pela Libertadores do ano passado

Créditos: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Embalado pela vitória diante do São Paulo, o Vasco tem um desafio e tanto na próxima rodada do Brasileirão. Os comandados de Vanderlei Luxemburgo viajam até Belo Horizonte para enfrentar o Cruzeiro, no Mineirão. O retrospecto recente, no entanto, dá motivos para o torcedor vascaíno ser otimista para o jogo deste domingo.

O Vasco não perde para o Cruzeiro jogando fora de casa há seis anos. A última derrota foi a goleada por 5 a 3 sofrida em 2013, ano em que o Cruzmaltino foi rebaixado e a Raposa se sagrou campeã do Brasileirão. De lá para cá, foram quatro jogos, com três empates e uma vitória do Vasco, conquistada no Campeonato Brasileiro de 2017. 

Autor do gol no triunfo por 1 a 0, o zagueiro Paulão, hoje no América-MG, lembrou da última partida vencida pelo Vasco no Mineirão.

- Quando vi a bola saindo, já fui de encontro a ela, consegui raspar e saí rolando no chão. Quando eu levantei a cabeça e vi todo mundo correndo em minha direção, fiquei muito feliz. É um gol muito especial, que me recordo e guardo com carinho. Foi uma vitória fora de casa, muito importante, que nos credenciou à disputa da Libertadores - recordou o zagueiro.

Paulão comemora gol diante do Cruzeiro em 2017 Paulão comemora gol diante do Cruzeiro em 2017
Créditos: Paulo Fernandes/Vasco

Algoz naquela tarde em 2017, Paulão conhece bem o Cruzeiro. Ex-jogador da Raposa, o defensor fez parte do time que conquistou o título do Brasileirão em 2013. Como alguém que já jogou com a torcida a seu favor e contra no Mineirão, ele tentou medir o tamanho do desafio que o Vasco terá.

- É sempre muito difícil enfrentar o Cruzeiro. É uma equipe que tem jogadores de altíssima qualidade, que sempre faz frente em grandes competições. São jogos difíceis, de um nível muito alto de concentração - analisou.

Apesar dos resultados obtidos pelo Vasco em Belo Horizonte, o confronto direto entre os dois times tem sido bem equilibrado. Isso porque o Cruzeiro conseguiu várias vitórias jogando fora de casa nos últimos anos. Na década atual, foram sete duelos disputados no Rio de Janeiro, com cinco triunfos dos visitantes e apenas dois dos alvinegros.

A mais impactante delas foi justamente quando os dois se enfrentaram pela Taça Libertadores da América, em 2018. Na fase de grupos do torneio continental, o Cruzeiro venceu por 4 a 0 em São Januário, com dois gols de Sassá, um de Thiago Neves e um de Léo. Na sequência da competição, a Raposa se classificou para as oitavas de final, enquanto o Cruzmaltino ficou com a vaga para a Copa Sul-Americana. Autor do primeiro gol naquela vitória, o zagueiro Léo lembra com carinho da goleada aplicada no Rio de Janeiro.

- Foi um jogo de Libertadores, importantíssimo, decisivo. São memórias boas, com vitória, fazendo gol. Cada jogo é um jogo, mas que neste próximo a gente possa buscar nosso objetivo que é a vitória - destacou o defensor.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro