Prêmio Brasileirão 2018: Victor Cuesta, do Internacional, é eleito melhor zagueiro

Prêmio Brasileirão 2018: Victor Cuesta, do Internacional, é eleito melhor zagueiro

Victor Cuesta, do Internacional, foi eleito um dos dois melhores zagueiros do Campeonato Brasileiro 2018

Victor Cuesta - Prêmio Brasileirão 2018

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O futebol gaúcho é conhecido, entre outros fatores, por valorizar a dedicação e a raça dentro de campo. Sendo assim, não é de se estranhar que o argentino Victor Cuesta, zagueiro do Internacional, tenha caído nas graças da torcida colorada tão facilmente. O espírito de luta e entrega dentro das quatro linhas despontou à flor da pele e o xerife do Colorado é um dos melhores zagueiros no Prêmio Brasileirão 2018.

– Muito feliz por conquistar esse prêmio, por estar aqui na festa e pelo ano que tivemos no Internacional – exaltou. 

Muito físico e técnico, o zagueiro do Inter não consegue desistir de nenhuma jogada. Ao lado de Rodrigo Moledo, formou uma das duplas de zagas mais fortes de todo o campeonato. E tanta disposição não passaria ilesa aos números. Em média, Cuesta intercepta quase 11 bolas por partida, sinal de que está sempre muito atento a tudo que acontece dentro de campo.

Mas os motivos de admiração de Cuesta pela torcida colorada não se resumem ao que se pode medir com estatísticas. É a raça que ele tem, o espírito que faz lembrar até mesmo o antigo e mítico Elias Figueroa, que realmente mexe com o coração do torcedor do Inter. Porque para jogar pelo Colorado, não é preciso só jogar bem. É preciso jogar como Inter.

O Prêmio Brasileirão é a cerimônia de entrega de troféus aos melhores do campeonato. No masculino, a eleição online é realizada com cerca de 10 mil profissionais de imprensa, capitães e treinadores dos 20 clubes, além de jogadores e comissão técnica da Seleção Brasileira. São 11 troféus para os atletas mais votados por posição, melhor técnico, artilheiro, revelação, craque do Brasileirão, craque da galera (escolha pelo Globoesporte.com), gol mais bonito (apontado pelos torcedores pelo Facebook da CBF), fair play, melhor árbitro e dois assistentes.

Neste ano, o Brasileiro Feminino A-1 também premiará as 11 jogadoras do time ideal, melhor treinador ou treinadora, artilheira, craque, revelação e fair play. Também está prevista a categoria Não é Só Futebol, que será destinada a uma atitude que transcende o campo de jogo, e uma grande homenagem da noite a um ídolo do futebol.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações