Prêmio Brasileirão 2018: Rodrigo Dourado, do Internacional, é eleito melhor meia

Prêmio Brasileirão 2018: Rodrigo Dourado, do Internacional, é eleito melhor meia

Rodrigo Dourado, do Internacional, foi eleito um dos melhores meias do Campeonato Brasileiro

Rodrigo Dourado - (Internacional) Prêmio Brasileirão 2018

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Cria das canteiras do Internacional, Rodrigo Dourado já se acostumou a vestir a camisa colorada. O primeiro volante foi um dos pilares do meio-campo do Inter durante o Campeonato Brasileiro. Ao lado de Patrick e Edenílson, formou a trinca que representou boa parte do sucesso do time na competição: entrosada, incansável e decisiva.

Um dos grandes momentos de Dourado na temporada foi no confronto direto com o Flamengo. Jogando no Beira Rio, o Inter abriu o placar com William Pottker, mas viu o Fla empatar com Vitinho. Foi aí que brilhou a estrela de Dourado. Em poucos minutos, o meia acertou um testaço para estufar a rede rubro-negra, dando três pontos essenciais para o Inter no Brasileirão.

A principal característica de Dourado no Brasileirão, além da boa marcação, foi a qualidade na saída de bola. O meia acertou cerca de 90% dos passes tentados na competição, o que ajuda, e muito, a construção de jogadas do Inter.

Mas não foi só com a camisa colorada que o jovem já teve bons momentos. Em 2016, ele estava no elenco campeão olímpico no Rio de Janeiro. Com altos e baixos, chegou até a perder a titularidade do Inter nesse meio tempo, mas recuperou seu futebol em grande estilo neste ano.

— Um ano pessoal muito bom e coletivamente também muito bom da nossa equipe. Fico muito honrado de estar participando desse evento, um dos melhores do Campeonato Brasileiro, então é um orgulho muito grande pra mim e estou muito feliz - avaliou o volante do Internacional. 

O Prêmio Brasileirão é a cerimônia de entrega de troféus aos melhores do campeonato. No masculino, a eleição online é realizada com cerca de 10 mil profissionais de imprensa, capitães e treinadores dos 20 clubes, além de jogadores e comissão técnica da Seleção Brasileira. São 11 troféus para os atletas mais votados por posição, melhor técnico, artilheiro, revelação, craque do Brasileirão, craque da galera (escolha pelo Globoesporte.com), gol mais bonito (apontado pelos torcedores pelo Facebook da CBF), fair play, melhor árbitro e dois assistentes.

Neste ano, o Brasileiro Feminino A-1 também premiará as 11 jogadoras do time ideal, melhor treinador ou treinadora, artilheira, craque, revelação e fair play. Também está prevista a categoria Não é Só Futebol, que será destinada a uma atitude que transcende o campo de jogo, e uma grande homenagem da noite a um ídolo do futebol.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações