Prêmio Brasileirão 2018: Renê, do Flamengo, é eleito o melhor lateral-esquerdo

Prêmio Brasileirão 2018: Renê, do Flamengo, é eleito o melhor lateral-esquerdo

Lateral do Flamengo teve boas apresentações do Campeonato Brasileiro e foi eleito para o time dos sonhos da competição

Renê - Prêmio Brasileirão 2018

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Renê viveu ano mágico na carreira. O lateral-esquerdo do Flamengo foi contestado na temporada anterior, mas fez um Campeonato Brasileiro irretocável neste 2018. Por isso, se firmou entre os titulares, estando entre os atletas do elenco rubro-negro que mais atuaram, e está na seleção do Prêmio Brasileirão.

Renê foi importantíssimo na campanha do Flamengo, que terminou com o vice-campeonato. O lateral começou o Brasileirão como titular com o técnico Maurício Barbieri e, por conta do bom rendimento, não deixou a equipe nem com a chegada de Dorival Júnior.

— Acho que a regularidade me fez conquistar esse prêmio e espero que daqui pra frente venham mais. Uma alegria imensa, sempre tive vontade de receber um prêmio como esse - comentou o lateral do Flamengo. 

Ao todo, Renê acumulou cinco assistências na competição. O lateral-esquerdo também apresenta boa média na troca de passes, com 83,8% de acertos e 71,3% de dribles. Tem como virtude a marcação: são 196 interceptações e média de 9,15 de recuperações de posse de bola por partidas.

Renê já foi contestado pela torcida do Flamengo. Depois de um Campeonato Brasileiro com atuação sólida e de destaque nos dois turnos da competição, parece ter conquistado de vez o coração da torcida rubro-negra.

O Prêmio Brasileirão é a cerimônia de entrega de troféus aos melhores do campeonato. No masculino, a eleição online é realizada com cerca de 10 mil profissionais de imprensa, capitães e treinadores dos 20 clubes, além de jogadores e comissão técnica da Seleção Brasileira. São 11 troféus para os atletas mais votados por posição, melhor técnico, artilheiro, revelação, craque do Brasileirão, craque da galera (escolha pelo Globoesporte.com), gol mais bonito (apontado pelos torcedores pelo Facebook da CBF), fair play, melhor árbitro e dois assistentes.

Neste ano, o Brasileiro Feminino A-1 também premiará as 11 jogadoras do time ideal, melhor treinador ou treinadora, artilheira, craque, revelação e fair play. Também está prevista a categoria Não é Só Futebol, que será destinada a uma atitude que transcende o campo de jogo, e uma grande homenagem da noite a um ídolo do futebol.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações