No Maracanã cheio, Paquetá se despede do Flamengo contra o Atlético-PR

No Maracanã cheio, Paquetá se despede do Flamengo contra o Atlético-PR

Sem chances matemáticas de título, Flamengo encerra o Brasileirão em casa contra o Atlético-PR. Partida marca a despedida de Lucas Paquetá

Lucas Paquetá faz sua última partida pelo Flamengo. Meia marcou na final da Copa Sul-Americana, contra o Independiente, em 2017 Lucas Paquetá faz sua última partida pelo Flamengo. Meia marcou na final da Copa Sul-Americana, contra o Independiente, em 2017
Créditos: Gilvan de Souza/Flamengo

O Maracanã estará cheio para a última partida do Flamengo no Campeonato Brasileiro. O estádio lotado, que foi uma tônica do Rubro-negro durante toda a competição, será mais um ingrediente para o confronto com o Atlético-PR, que também marca a despedida de um jovem ídolo: Lucas Paquetá.

O camisa 11 rubro-negro foi negociado com o Milan, da Itália, e fará sua última partida pelo Flamengo neste sábado. Em entrevista coletiva, a revelação do Fla falou sobre a dor de deixar o clube de coração.

- Conversei com minha esposa e minha mãe que estou com medo de deixar o Flamengo, uma sensação que nunca vivi. Tenho amor a essa camisa e sempre fui feliz jogando aqui. Saio com aquela dorzinha de deixar a minha casa. Sabe? Mas com a certeza de que um dia voltarei - revelou.

Campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2016, Lucas Paquetá foi integrado no mesmo ano ao elenco profissional do Flamengo. Estreou no Campeonato Estadual, mas o primeiro gol demorou a sair. No ano seguinte, contra o Madureira, acertou um chutaço quase do meio-campo para iniciar sua história no Flamengo.

Promovido por Zé Ricardo, foi com o colombiano Reinaldo Rueda que Paquetá atingiu status de titular no time. Após a suspensão de Paolo Guerrero e a lesão de Felipe Vizeu, o meia foi improvisado como atacante e mostrou talento. Marcou nas finais da Copa do Brasil e da Sul-Americana e caiu nas graças da torcida.

Em 2018, já estabelecido no clube, foi um dos principais jogadores na campanha do vice-campeonato brasileiro. Foi o artilheiro do Flamengo, com 10 gols, e seu desempenho chamou a atenção da Seleção Brasileira. O meia estreou com a Amarelinha na primeira Data FIFA após a Copa, no amistoso contra El Salvador.

Não dá para saber qual será o futuro de Paquetá, mas ele deixa o Brasil com um passado para se orgulhar pelo Flamengo.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports