Henrykinho recebe o troféu de campeão do e-Brasileirão

Henrykinho recebe o troféu de campeão do e-Brasileirão

Bicampeão do e-Brasileirão na última sexta-feira (30), Henrykinho recebeu o troféu na noite desta segunda-feira (3), durante o Prêmio Brasileirão

Henrykinho, bicampeão do e-Brasileirão 2018 Henrykinho, bicampeão do e-Brasileirão 2018
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Na última sexta-feira (30), Henrykinho conquistou o bicampeonato do e-Brasileirão, o campeonato de futebol virtual organizado pela Confederação Brasileira de Futebol.  O representante do Cruzeiro recebeu o troféu nesta segunda-feira (3), no palco do Prêmio Brasileirão 2018.  

A edição de 2018 do e-Brasileirão contou com mais de 16 mil inscritos, que disputaram inicialmente a etapa online. Logo depois, os classificados participaram da etapa presencial dos clubes para ver quem seria o representante de cada um. A fase final da competição reuniu os 20 representantes de clube da Série A, que disputaram o título na sede da CBF. Além do troféu, o campeão também recebeu uma premiação de R$ 20 mil. 

Esta foi a terceira edição da competição, que começou em 2016, e a terceira final consecutiva que o jovem de 17 anos disputou.  Na primeira, Henrykinho terminou com o vice-campeonato após perder para GuiFera na decisão. No ano seguinte, bateu a surpresa do campeonato Valber Mendes, do Atlético-GO. Por fim, nesta edição, venceu o representante do Botafogo, Allan Leal, e levou o segundo título do principal campeonato de Pro Evolution Soccer (PES) do país. 

A campanha de Henrykinho teve bastante emoção até chegar a conquista do bicampeonato. Logo na fase de grupos, o campeão caiu no chamado grupo da morte, com GuiFera e Valber Mender, que representou o São Paulo em 2018. O atleta do Cruzeiro se saiu bem e passou em primeiro lugar com três vitórias e um empate. Na quartas de final, ele derrotou Leonardo "Jambock", do Flamengo, por 3 a 2 e 2 a 0.  Na semifinal, passou pelo representante do Ceará, João Victor, vencendo pelos placares de 3 a 0 e 3 a 1. Na final, Henrykinho ganhou do botafoguense Allan Leal por 4 a 1 no jogo de ida e perdeu de 2 a 1 na volta. Apesar da derrota, conquistou o título com 5 a 3 no agregado. 

O Prêmio Brasileirão é a cerimônia de entrega de troféus aos melhores do campeonato. No masculino, a eleição online é realizada com cerca de 10 mil profissionais de imprensa, capitães e treinadores dos 20 clubes, além de jogadores e comissão técnica da Seleção Brasileira. São 11 troféus para os atletas mais votados por posição, melhor técnico, artilheiro, revelação, craque do Brasileirão, craque da galera (escolha pelo Globoesporte.com), gol mais bonito (apontado pelos torcedores pelo Facebook da CBF), fair play, melhor árbitro e dois assistentes.

Neste ano, o Brasileiro Feminino A-1 também premiará as 11 jogadoras do time ideal, melhor treinador ou treinadora, artilheira, craque, revelação e fair play. Também está prevista a categoria Não é Só Futebol, que será destinada a uma atitude que transcende o campo de jogo, e uma grande homenagem da noite a um ídolo do futebol.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports