Flamengo celebra 128 anos de história

Flamengo celebra 128 anos de história

Rubro-Negro carioca conta com o apoio de uma das maiores torcidas do mundo

Flamengo celebra 128 anos de história Flamengo celebra 128 anos de história
Créditos: Paula Reis/Flamengo

O Clube de Regatas do Flamengo celebra nesta quarta-feira, 15 de novembro, 128 anos de história. Fundado em 1895 como um clube voltado ao remo, principal esporte do país à época, o time abraçou o futebol no ano de 1911. Alberto Bogerth, então jogador do Fluminense e remador do Flamengo, decidiu criar um departamento no clube para a modalidade. O time de futebol do Flamengo estreou com goleada diante do Mangueira por 15 a 2 em 3 de maio de 1912, ano em que ainda ganharia seu primeiro Campeonato Carioca.

Com o apoio de uma das maiores torcidas do mundo, conhecida entre os rubro-negros como Nação, o Flamengo apresenta uma história de grandes craques que perpassam as eras do futebol brasileiro. Desde os primórdios do esporte no país, com Domingos da Guia e Leônidas da Silva, passando pelos anos 1950 com Zizinho, Evaristo de Macedo, Zagallo e Dida, maior ídolo do maior jogador da história do Flamengo: Zico. 

Papagaio de Vintém é a primeira camisa de futebol do Flamengo Papagaio de Vintém é a primeira camisa de futebol do Flamengo
Créditos: Divulgação/Flamengo

Revelado em 1971, o lendário camisa 10 foi o grande expoente da geração vencedora na década de 80, multicampeã brasileira, da Libertadores e do Mundial, conquistado com a vitória sobre o Liverpool por 3 a 0 com dois gols de Nunes e um de Adílio, em 13 de dezembro de 1981, como entoa um dos cânticos da torcida. O time da final é até hoje conhecido de cor pelos rubro-negros: Raul; Leandro, Marinho, Mozer e Júnior; Andrade, Adílio e Zico; Tita, Nunes e Lico.

Na década de 90, o Campeonato Brasileiro de 1992 foi liderado pelo lateral-esquerdo de origem e meio-campista Júnior, que marcou gol de falta na final vencida por 3 a 0 contra o rival Botafogo. Ele é o recordista de partidas, vitórias, com 872 e 504, respectivamente. Só não é o mais vencedor porque tem Zico a seu lado, que também levantou 42 taças.

Zico faturou o Mundial Interclubes em 1981 com a camisa do Flamengo Zico faturou o Mundial Interclubes em 1981 com a camisa do Flamengo
Créditos: Masahide Tomikoshi/Tomikoshi Photography

Desde essa conquista, a equipe carioca viveu um jejum de títulos nacionais que perdurou por mais de uma década, até a Copa do Brasil de 2006, obtida em decisão contra o Vasco, e o Brasileirão de 2009, graças ao retorno de Adriano Imperador e suas grandes atuações na reta final do campeonato. Na última partida da competição, um Maracanã lotado assistiu ao gol do título do zagueiro Ronaldo Angelim.

A história do Flamengo não foi escrita apenas pelos pés de jogadores brasileiros. Apresenta também a grande contribuição de estrangeiros, em especial o sérvio Dejan Petkovic, eternizado pelo icônico gol de falta contra o Vasco no Carioca de 2001 e pela arrancada do título brasileiro em 2009, e o uruguaio Giorgian de Arrascaeta, protagonista dos troféus recentes de Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil.

Petkovic é um grandes jogadores da história do Flamengo Petkovic é um grandes jogadores da história do Flamengo
Créditos: Divulgação

A partir de 2019, o Rubro-Negro inaugurou uma nova era de títulos e soma dois Campeonatos Brasileiros (2019 e 2020), duas Libertadores (2019 e 2022), uma Copa do Brasil (2022), duas Supercopas do Brasil (2020 e 2021) e uma Recopa Sul-Americana (2020). Com o período vencedor, o mural de ídolos do Flamengo foi atualizado e recebeu a adição de nomes marcantes como Bruno Henrique, Filipe Luís e Everton Ribeiro.

Em 2019 e 2022, o Flamengo voltou ao topo do futebol sul-americano com as duas conquistas da Libertadores, que têm Gabriel Barbosa, o Gabigol, como o autor dos gols das finais. A primeira delas é a mais eletrizante para os torcedores, com a virada sobre o River Plate para 2 a 1 em apenas três minutos. 

Até hoje, o Flamengo é um dos únicos times que nunca foram rebaixados, ao lado de São Paulo e Santos. Em 2023, o clube disputou a final da Copa do Brasil e segue na briga pelas primeiras posições do Brasileirão.

A Confederação Brasileira de Futebol parabeniza o Clube de Regatas do Flamengo pelos seus 128 anos de história.

Flamengo foi campeão da Libertadores em 2019, com uma final emocionante Flamengo foi campeão da Libertadores em 2019, com uma final emocionante
Créditos: Alexandre Vidal/Flamengo

 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Guaraná Antartica Vivo Itaú Neoenergia Mastercard Gol Cimed Pague Menos TCL SEMP TechnoGym StatSports Kin Analytics Globus Italian Excellence