Claudinho é eleito o Jogador do Mês de janeiro do Brasileirão Assaí

Claudinho é eleito o Jogador do Mês de janeiro do Brasileirão Assaí

Destaque absoluto do Massa Bruta, meio-campista liderou com folga a votação e conquistou o prêmio pela primeira vez.

Claudinho, do Red Bull Bragantino, Jogador do Mês de Janeiro do Brasileirão Assaí Claudinho, do Red Bull Bragantino, Jogador do Mês de Janeiro do Brasileirão Assaí
Créditos: Ari Ferreira/CBF

O meia Claudinho, do Red Bull Bragantino, é o Jogador do Mês de Janeiro do Brasileirão Assaí. Artilheiro, maestro e capitão do Massa Bruta, o meio-campista se transformou definitivamente em um dos maiores destaques deste Brasileirão no último mês. Parabéns, craque!

Ao longo do mês de janeiro, Claudinho disputou seis jogos pelo Brasileirão Assaí. E deixou sua marca em cinco deles: foram seis gols e quatro assistências (ou seja, dez participações diretas para gol). Apenas contra o Internacional, no Beira Rio, o meia não balançou as redes ou deu uma assistência. Ainda assim, foi dele o passe que iniciou a jogada do gol na derrota por 2 a 1, a única do Massa Bruta em todo o mês.

"Fico muito feliz pelo meu trabalho estar sendo reconhecido. Foi um mês muito especial para mim. O mês do aniversário, que eu completei 100 jogos com a camisa do Red Bull Bragantino, então fico muito feliz por ter ganhado este prêmio", declarou Claudinho ao receber o troféu em suas mãos, antes de dedicá-lo a companheiros e familiares.


"Primeiramente, eu quero agradecer a Deus por me dar saúde e oportunidade de fazer o que eu amo. Segundo, à minha família que está sempre do meu lado. E claro, não posso esquecer dos meus companheiros, que estão ali comigo. Este prêmio não é só para mim, divido também com meus companheiros, porque se não fosse eles, eu não estaria aqui".

Com os seis gols marcados em janeiro, Claudinho chegou ao topo da artilharia do Brasileirão Assaí, que agora é dele de maneira isolada. Além dos 17 gols, o meia ainda acumula seis assistências na competição, o que faz dele o jogador com mais participações diretas (gols e assistências) do Brasileirão: são 23.

 

"Eu me sinto parte da história do clube"

 

Dividido entre os serviços de artilheiro e garçom, Claudinho não tem dúvidas do que mais gosta de fazer. Mas ressalta que, independente disso, o importante é vencer.

"Eu prefiro balançar as redes. Mas, desde que ajude a equipe da melhor forma possível, seja fazendo gol, dando assistência, participando das jogadas, o mais importante é sair com a vitória", destacou.

Claudinho, do Red Bull Bragantino, Jogador do Mês de Janeiro do Brasileirão Assaí Claudinho: artilheiro e um dos principais garçons do Brasileirão Assaí.
Créditos: Ari Ferreira/CBF

O mês de Claudinho


Red Bull Bragantino 4 x 2 São Paulo
Gol e assistência

Red Bull Bragantino 2 x 2 Atlético-MG
Assistência

Ceará 1 x 2 Red Bull Bragantino
Gol (2)

Red Bull Bragantino 4 x 1 Vasco da Gama
Gol (2) e assistência

Corinthians 0 x 2 Red Bull Bragantino
Gol

Internacional 1 x 2 Red Bull Bragantino
Passe que iniciou a jogada do gol

Para entrar na história... e no cardápio


Peça-chave no acesso e no título do Red Bull Bragantino na Série B em 2019, Claudinho completou, no último jogo, 100 jogos com a camisa do clube. O meia, que testemunhou a transformação do clube nesses últimos anos, também está perto de outra marca histórica. Com 17 gols, ele está próximo de se tornar o maior artilheiro da história do Bragantino na Série A. A marca pertence atualmente a Silvio e Kelly, com 19 gols feitos em edições somadas.

"Eu acho que me sinto parte da história do clube. Consegui ganhar a Série B, levar o time para a Série A e acabar me destacando neste campeonato com a camisa do Red Bull Bragantino. Se Deus quiser, vou continuar o trabalho assim e ficar eternizado na história do clube", projetou.

No Bragantino, os ídolos não são lembrados apenas nos murais de glórias do estádio ou na sala de troféus do clube. O clube tem como marca adicionar os grandes personagens de sua história ao cardápio do tracional restaurante que fica à beira do gramado do estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Postulante à homenagem, Claudinho já deixou até mesmo a receita de um sanduíche batizado por ele.

"X-Claudinho! Pão de hambúrguer, carne e queijo: simples e objetivo", brincou.

Claudinho, do Red Bull Bragantino, Jogador do Mês de Janeiro do Brasileirão Assaí Claudinho exibe o troféu de Jogador do Mês no Nabi Abi Chedid, estádio do Red Bull Bragantino.
Créditos: Ari Ferreira/CBF

A votação


Claudinho foi escolhido com folgas pelo colegiado de jornalistas e comentaristas convidados pela CBF para eleger o Jogador do Mês. O meia foi indicado para o primeiro lugar em 19 dos 33 votos recebidos pela CBF para essa votação. Lembrado em outros 7 votos, Claudinho somou 112 pontos e ficou bem acima do segundo mais votado, o atacante Yuri Alberto, do Internacional. O “pódio” foi completo por Patrick, também do Colorado.

Confira como foi a votação deste mês:

Claudinho, do Red Bull Bragantino, Jogador do Mês de Janeiro do Brasileirão Assaí Apuração dos votos do Jogador do Mês de Janeiro do Brasileirão Assaí.
Créditos: CBF

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil