Brasileirão Assaí 2023 estabelece recorde de público e lota estádios pelo país

Brasileirão Assaí 2023 estabelece recorde de público e lota estádios pelo país

Campeonato mais competitivo do mundo levou quase 10 milhões de torcedores aos estádios e obteve média de 26,5 mil pagantes por partida até a penúltima rodada

Palmeiras ergue a taça do Brasileirão Assaí 2023 Palmeiras ergue a taça do Brasileirão Assaí 2023
Créditos: Joilson Marconne / CBF

A festa do Palmeiras em pleno Mineirão encerrou a edição histórica do Brasileirão Assaí 2023. A principal competição do futebol brasileiro estabeleceu novo recorde de público da história. Quase dez milhões de torcedores pagaram para assistir aos jogos do campeonato.

Antes do início da última rodada nesta quarta-feira (6), a média de público era de 26.538 pagantes por jogo, número sem precedentes para o torneio cujo recorde pertencia a edição de 1983, com 22.953 por partida.

Campeão com um empate fora de casa, o Palmeiras foi dono da quinta melhor média de público da competição até a penúltima rodada. O time comandado por Abel Ferreira levou 33.198 mil torcedores por partida.


"O Brasileirão Assaí 2023 é o campeonato mais competitivo do mundo. A competição foi uma festa para os apaixonados pelo futebol do começo ao final. Gostaria de parabenizar aos atletas, treinadores, dirigentes e árbitros pela dedicação de cada um. Todos fizeram o campeonato ser esse sucesso", afirmou o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

"Além das grandes disputas dentro do campo, os torcedores fizeram lindas festas na arquibancada. Vale a pena destacar a grandiosidade do novo recorde de público estabelecido neste ano. O Brasileirão Assaí 2023 quebrou um recorde que se mantinha por 40 anos. Esse é um grande conquista para o futebol brasileiro", acrescentou o presidente da CBF.

Homenagens ao Rei Pelé

O Brasileirão Assaí 2023 também foi marcado pela série de homenagens da CBF ao Rei Pelé, morto em dezembro do ano passado. A CBF preparou uma série de tributos ao maior jogador da história do futebol na rodada de abertura.

Os capitães de todas as equipes das Séries A e B usaram uma braçadeira em reverência à Majestade do Futebol. Antes do início dos jogos, os organizadores pediram nos estádios um minuto de aplausos ao ídolo enquanto todos os jogadores ficaram no círculo central. 

A CBF também estampou imagens do único tricampeão do mundo nas placas de publicidade em volta do campo nas arenas, além de confeccionar uma moeda especial para os sorteios dos árbitros.

"A CBF vai sempre cuidar do legado do Pelé e reverenciá-lo. A homenagem ao Rei Pelé marcou o início do Brasilerão Assaí 2023 e os torcedores de todos os clubes", lembrou Ednaldo Rodrigues

 

 

 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Guaraná Antartica Vivo Itaú Neoenergia Mastercard Gol Cimed Pague Menos TCL SEMP TechnoGym StatSports Kin Analytics Globus Italian Excellence