Por Brasileirão Assaí 2020, Athletico Paranaense reformula elenco que conquistou a América e o país

Por Brasileirão Assaí 2020, Athletico Paranaense reformula elenco que conquistou a América e o país

Depois de conquistar títulos da Copa Sul-Americana e da Copa do Brasil, Rubro-negro perdeu alguns de seus principais jogadores, mas tenta manter sequência de boas temporadas

Cada vez mais, o torcedor do Athletico Paranaense tem se acostumado a levantar taças. Nas últimas duas temporadas, o Furacão adicionou dois títulos inéditos à sua galeria: o da Copa Sul-Americana (2018) e o da Copa do Brasil (2019). Mas o sucesso do grupo formado pelo Athletico acompanhou o desmanche de boa parte do elenco, com a saída de alguns jogadores fundamentais nessas conquistas. No Brasileirão Assaí 2020, o Rubro-negro tentará se reinventar e fazer valer novamente sua força.

De 2018 até aqui, o Furacão viu as saídas de Léo Pereira, Renan Lodi, Bruno Guimarães, Marco Rubén, Marcelo Cirino, Rony, Robson Bambu, entre outros. Até mesmo o técnico Tiago Nunes deixou o clube para comandar o Corinthians. Mas as transformações e a perseverança estão na história do Athletico Paranaense. Em 2020 não deve ser diferente.

Sob a batuta de Dorival Júnior, o Rubro-negro tem uma promissora geração de jogadores no CAT do Caju, com talentos como os de Khellven, Erick, Vitinho e Pedrinho. Ao lado deles, há veteranos que já estão no clube há algum tempo e devem servir como referência no elenco, como Santos, Thiago Heleno, Lucho González e Nikão. Juntos, eles trabalham para novamente fazer o Furacão sacudir o Brasil.

Athletico-PR


Melhor campanha:
 campeão
Posição no Brasileirão 2019: 5º
Presidente: Mario Celso Petraglia
Estádio: Arena da Baixada (Curitiba)
Mascotes: Fura-Cão

Falamos com: Santos


Santos, goleiro do Athletico Paranaense, comemora conquista da Copa do Brasil 2019 Santos com as medalhas da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana
Créditos: Athletico-PR

"Será desafiador jogar sem torcida"

 

- O que podemos esperar do Athletico no Brasileirão 2020?
O Athletico nos últimos dois anos tem se destacado muito bem e com certeza isso aumenta o nível de exigência. Nós jogadores notamos isso e esperamos deixar o Athletico sempre bem colocado na tabela. Sabemos da dificuldade que é disputar um campeonato brasileiro, tem 20 equipes que são muito difíceis de serem enfrentadas. Mas o Athletico entra na disputa com o objetivo de chegar o mais alto possível na tabela.

- Qual deve ser o maior desafio para o clube neste campeonato?
Acredito que não só para o Athletico, mas todas as outras equipes também, é o fato de jogar sem torcida, devido à pandemia. Isso será desafiador, saber lidar com essa ausência, não poder contar com o calor da torcida, o carinho do torcedor. Isso dentro e fora de casa, a energia deles é motivadora. Mas a gente sabe que o momento é complicado e requer cuidado. Espero que as equipes consigam se adaptar o mais rápido possível a esse novo cenário.

- Como fazer para manter a pegada no Brasileirão mesmo com a saída de tantos jogadores importantes?
O processo de reformulação é natural, pelo fato de alguns atletas terem se destacados nas últimas temporadas. A gente sabia que a saída de alguns era real, então a gente tem que se adaptar e aproveitar as novas peças que tem chegado o mais rápido possível. Acredito que com o trabalho que tem sido feito, com essa metodologia e forma de trabalhar que o Athletico impõe, a gente vai conseguir disputar lugares altos nessas competições que nos aguardam essa temporada.

Palpite dos especialistas


Kléberson, ídolo do Athletico

"O Athletico sofreu algumas perdas importantes e não teve muitos jogos no Estadual. Só agora está usando a equipe principal. Mas entendo que tem um elenco muito bom, com jogadores jovens e um sistema muito bem elaborado que o Dorival sempre implementa onde passa. Com isso, o time pode adquirir vantagens no decorrer da competição. Como torcedor, sempre quero ver o Athletico entre os grandes, brigando por alguma coisa. Vejo no clube capacidade de entrar já brigando pelo título. É momento de buscar isso, já que esse ano a competição será de quem conseguir se superar depois dessa pandemia."

Nadja Mauad, repórter da RPC/Rede Globo

"Será um time muito diferente daquele que conquistou, nos últimos dois anos, Sul-Americana e Copa do Brasil. Houve uma grande reformulação no elenco e comissão técnica. É um desafio enorme para o técnico Dorival Junior, que pega um elenco em formação, tendo que se adaptar à novas ideias, mas com a "obrigação" de manter o DNA de jogo ofensivo e vertical do clube. O objetivo traçado é ficar entre os seis melhores."

Fernando Rudnick, repórter da Gazeta do Povo

“O Athletico chega com um time em reconstrução e um elenco bem mais fraco do que na temporada passada. As perdas dos titulares Bruno Guimarães, Léo Pereira, Marco Ruben e Rony – e até do reserva Marcelo Cirino – ainda são sentidas. Também houve a saída do técnico Tiago Nunes, que conseguia tirar o máximo do plantel que tinha em mãos. Dorival Júnior está em um começo de trabalho, é preciso tempo. Mas, até aqui, o time está longe do nível ideal.  Conquistar novamente uma vaga para a Libertadores seria um feito importante. É possível, mas a evolução precisa ser grande.”

Análise tática


Como chega o Athletico Paranaense para a disputa do Brasileirão Assaí? Nas redes sociais, o @brasileirao, em parceria com o @Footure, destrinchou um pouco de como o Furacão gosta de jogar, os principais destaques do clube e os números do time no ano.

A análise de Lucas Filus cita a transformação pela qual passa o ataque do Athletico. Acostumado a ser um time muito vertical, fulminante, o Furacão tem atacado com mais paciência, uma característica imposta pelo treinador Dorival Júnior. Na defesa, o técnico também pode fazer algumas mudanças sutis no modelo consolidado pelo clube. Em vez de sempre pressionar lá em cima, é possível que o Rubro-negro jogue em blocos mais recuados em determinadas situações.

Clique aqui e confira a análise tática completa do Athletico no site do Footure.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports