No Brasileiro Sub-18, Fluminense conquista primeiro da história do seu futebol feminino

No Brasileiro Sub-18, Fluminense conquista primeiro da história do seu futebol feminino

Tricolores foram derrotadas pelo Internacional por 4 a 1, mas garantiram a taça nos pênaltis.

Final do Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18: Internacional x Fluminense - Jogo da volta Final do Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18: Internacional x Fluminense - Jogo da volta
Créditos: Thais Magalhães/CBF

A conquista do Brasileiro Feminino Sub-18 2020 representa muito para o Fluminense. Além de coroar o trabalho feito nas categorias de base do Tricolor, o título é o primeiro na história do futebol feminino do Flu. As Guerreiras venceram a competição após superarem o Internacional na final deste sábado (20), no Beira Rio, em Porto Alegre.

LEIA MAIS: Fluminense vence Internacional nos pênaltis e conquista o Feminino Sub-18

Retomado após as mudanças nas regras de licenciamento para fomentar o desenvolvimento da modalidade, em 2019, o futebol feminino do Fluminense vem fazendo um trabalho bem estruturado, para crescer gradativamente. Após a conquista do Brasileiro Feminino Sub-18, a Gerente de Futebol Feminino do Fluminense, Amanda Storck, valorizou a importância deste tipo de trabalho e do resultado para o crescimento da modalidade.

"Estamos fazendo história. Levamos o primeiro título para o futebol feminino do Fluminense. É um projeto que a gente vem desenvolvendo desde 2018, com a obrigatoriedade do futebol feminino. Tem sido muito importante esse desenvolvimento, principalmente da base. Aí, também glorificar termos competições de base, o Brasileiro Sub-16, a segunda edição do Sub-18. É muito importante para que a gente possa desenvolver cada vez mais atletas para o futebol feminino", destacou.

Final do Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18: Internacional x Fluminense - Jogo da volta Amanda Storck abraça jogadora do Fluminense no gramado.
Créditos: Thais Magalhães/CBF

O sábado foi histórico para o futebol feminino do Fluminense. No início da tarde, o Tricolor disputou a final do Campeonato Carioca com o Botafogo, mas foi derrotado por 2 a 0. À noite, com transmissão para todo o país no Sportv, as Meninas de Xerém se superaram para conquistar o título. Depois de perder por 4 a 1 no tempo normal, elas bateram o Internacional nos pênaltis.

Além da evolução do futebol feminino no Fluminense, Amanda Storck ressaltou que o mais importante é ver a modalidade crescer como um todo no país. Na segunda edição de uma nova competição de base, o Brasileiro Feminino Sub-18, o Flu reforçou seu papel como clube formador de talentos, contribuindo para o desenvolvimento das Meninas de Xerém e do nosso futebol.

"Uma coisa que eu costumo falar é que acima do Fluminense está a modalidade, o futebol feminino. Esse título vem coroar o desenvolvimento da base. O projeto é esse. A gente continuar colocando cada vez mais meninas nas Seleções de base, como temos colocado na Sub-20 e na Sub-17. E continuar com esse trabalho de desenvolvimento e formação de atletas. As Meninas de Xerém estão aí", finalizou Amanda.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil