Érika e Rosana vibram por 1º Corinthians x Palmeiras da história do Brasileiro Feminino

Érika e Rosana vibram por 1º Corinthians x Palmeiras da história do Brasileiro Feminino

Atletas destacam melhoras na modalidade e vibram com apoio e participação do público cada vez maior nos estádios

Érika marcou o terceiro gol do Corinthians diante do Palmeiras Érika marcou o terceiro gol do Corinthians diante do Palmeiras
Créditos: Rodrigo Coca / Corinthians

A tarde deste domingo (9) foi histórica para o futebol feminino no país. Palmeiras e Corinthians disputaram o clássico pela primeira vez em uma competição nacional, o Campeonato Brasileiro Feminino A-1 2020. A bola rolou no Estádio Nelo Bracalante, em Vinhedo (SP). Os mais de dois mil torcedores, que esgotaram os ingressos, e outros milhares que acompanharam a transmissão do duelo para todo o Brasil em TV aberta, através da Band, viram um clássico disputado e a vitória do Timão pelo placar de 3 a 1.

Um dos destaques do lado Alvinegro do duelo foi a zagueira Érika. Com história pela Seleção Brasileira, a camisa 99 teve atuação segura na defesa e ainda marcou o terceiro gol do time do Parque São Jorge. A jogadora vibrou com o momento atual da modalidade. 

- Feliz pelo clássico, está todo mundo voltando, é importante demais este momento e estou muito feliz. E estou alegre por ajudar a equipe com um golzinho também. Muitas meninas estão vindo de fora para jogar no nosso país. Quero jogar aqui por muito tempo e hoje vejo que a condição de permanência no Brasil é muito boa. O Corinthians me dá essa condição, o Santos vem dando também, temos outras equipes também - declarou.

Rosana acertou com o Palmeiras para a temporada 2020 por acreditar no projeto do Brasileirão Feminino Rosana acertou com o Palmeiras para a temporada 2020 por acreditar no projeto do Brasileirão Feminino
Créditos: Priscila Pedroso / Palmeiras

Quem também tem muita história no futebol feminino é Rosana. Lenda da FIFA, a meia acertou com o Palmeiras para esta temporada e destaca que o crescimento da competição pesou na escolha. 

- É sensacional este momento. Tenho certeza que este será o campeonato mais competitivo da história. Começar com um clássica é muito bom. A divulgação, tudo isso interfere de forma positiva no jogo. Além do que foi apresentado no clássico. As pessoas estão vendo o quão legal está ficando o futebol feminino, o quanto as meninas estão se entregando. Os times de camisa estão investindo, as comissões mais preparadas, as atletas também... A tendência é só crescer - declarou. 

Fundo Legado Copa do Mundo FIFA 2014

O Fundo Legado Copa do Mundo FIFA tem como objetivo fomentar a prática futebolística nos países que sediam a principal competição da modalidade no mundo. No Brasil, que recebeu o Mundial em 2014, esta verba é utilizada em três diferentes áreas de atuação: Alto Rendimento, Desenvolvimento e Social. Até o fim da parceria entre FIFA e CBF serão disponibilizados US$ 100 milhões para investimentos em solo brasileiro. 

Alto Rendimento

São nove as competições organizadas pela CBF que contam com recursos do Fundo Legado Copa do Mundo FIFA 2014: Brasileirão Feminino A1, A2 e Sub-18, além do Campeonato Brasileiro Masculino Sub-20 e Sub-17, as Copas do Brasil Sub-20 e Sub-17 e também as Supercopas Sub-20 e Sub-17. A realização destes torneios é fundamental para o calendário de equipes femininas e das categorias de base masculinas. Ao todo são 738 jogos realizados anualmente por meio deste investimento, com 100% deles transmitidos ao vivo em TV, plataformas de streaming ou redes sociais. 

Ainda no alto rendimento, o Fundo Legado Copa do Mundo FIFA financia o Simpósio Médico de Educação Continuada, voltado para profissionais que atuam no Departamento Médico dos clubes brasileiros. O congresso é realizado anualmente.

Social

Em parceria com a CBF Social, o Fundo Legado Copa do Mundo FIFA 2014 é responsável por financiar parte do projeto Gol do Brasil, que atenderá mais de 18 mil crianças até 2022. A ação, que iniciou em 2019, chegará aos 26 estados do país e também ao Distrito Federal. Meninos e meninas entre 6 e 17 anos têm aulas de futebol, cidadania, respeito às diferenças e responsabilidade social. O objetivo é usar o futebol para contribuir na formação integral de cidadãos.

Desenvolvimento

Em 2014, 11 dos 26 estados e mais o Distrito Federal receberam jogos da Copa do Mundo FIFA. Com o Fundo Legado Copa do Mundo FIFA 2014, os outros 15 que não foram sede do Mundial, receberão Centros de Desenvolvimento do Futebol. São estruturas físicas que contam com campos de grama natural, vestiários e prédio administrativo totalmente equipado. Como o próprio nome já diz, é um espaço para jovens desenvolverem suas habilidades e evoluírem com acompanhamento de profissionais. Estes locais visam contribuir na transição entre os contatos iniciais com o futebol e o alto rendimento, auxiliando na preparação de jovens atletas que sonham um dia em se tornar profissionais da área.

 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports