Xerife do Corinthians, Erika comemora fase final em grandes arenas e projeta duelo com o Grêmio

Xerife do Corinthians, Erika comemora fase final em grandes arenas e projeta duelo com o Grêmio

Melhor time da primeira fase, Corinthians chega para as quartas de finais querendo brigar pelo título que deixaram escapar em 2019

Erika marcou o gol da vitória do Corinthians contra o Grêmio na primeira fase do Brasileirão Feminino A-1 Erika marcou o gol da vitória do Corinthians contra o Grêmio na primeira fase do Brasileirão Feminino A-1
Créditos: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

As quartas de finais do Campeonato Brasileiro Feminino A-1 2020 vão começar e chegam com tudo. Neste domingo (25), às 16h, Grêmio e Corinthians entram em campo na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), para a partida que abre a etapa mata-mata do principal torneio de futebol feminino do país.

Autora do gol da vitória do Timão no jogo da primeira fase, a zagueira Erika falou com exclusividade ao site da CBF e projetou o duelo entre alvinegras e tricolores. Detentor da melhor campanha da primeira fase, o Corinthians somou 42 pontos em 15 jogos, com 14 vitórias e apenas uma derrota, com 45 gols marcados e 7 sofridos, com a melhor defesa e o melhor ataque do torneio.

Apesar disso, Erika pregou humildade neste confronto. Afinal, esse retrospecto não entrará em campo nas quartas de final contra o Grêmio

“Precisamos nos atentar a essa fase do mata-mata. Agora não importa a bela campanha feita no começo. Mas sabemos o quão trabalhamos todos os dias para que, de alguma forma, possamos minimizar nossos erros e continuar insistindo numa formação tática compacta, de troca de passes com mais velocidade, trabalhando com muita posse de bola”, analisou Érika.

No mês passado, pela nona rodada, as equipes se enfrentaram no Parque São Jorge, em São Paulo (SP), em um duelo muito equilibrado. Aos 27 minutos do primeiro tempo, Érika marcou o gol que deu a vitória por 1 a 0 para o Corinthians. Na visão da jogadora, o time tricolor é um adversário difícil e que fará de tudo para conquistar a vaga.

“É uma equipe que joga fechadinho, guardando muito mais o gol do que saindo pra atacar. Não por acaso, é das que sofreram poucos gols, sendo uma das zagas menos vazadas do campeonato. Essa equipe tem muita qualidade, só precisa de mais tempo de trabalho”, avaliou.

Erika fez o gol da vitória do Corinthians sobre o Grêmio no Parque São Jorge Erika fez o gol da vitória do Corinthians sobre o Grêmio no Parque São Jorge
Créditos: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Neste domingo, os times se enfrentam já pelo jogo de ida, às 16h. A volta será no dia 2 de novemro, às 19h, na Neo Química Arena, em São Paulo (SP). As partidas terão transmissão da Band e Twitter do @BRFeminino, respectivamente. No retrospecto do confronto até aqui, foram três vitórias do Timão em três jogos.

“Precisamos ter paciência para circular a bola, mas com inteligência e condição técnica elevada. E, aí sim, buscar achar o momento certo em infiltrar nas linhas que utilizam. E obviamente aproveitar as chances que aparecerem, nos tornando eficientes”, disse Erika.

Para a fase final do Brasileirão Feminino, a Diretoria de Competições da CBF definiu, em acordo com os clubes, que todos os jogos serão disputados em grandes estádios do país, um passo importante para a valorização do campeonato e da modalidade. Para a zagueira, essa iniciativa é fundamental no crescimento do esporte.

“Isso torna o futebol feminino mais competitivo, tendo uma visibilidade melhor, um futebol com maior qualidade dentro do campo. Com isso a modalidade só tem a crescer, facilitando interesses dos patrocinadores. E estamos felizes por esse feito”, concluiu a jogadora do Corinthians.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports