Em confronto direto, Santos derrota Internacional e se classifica no Brasileirão Feminino A-1

Em confronto direto, Santos derrota Internacional e se classifica no Brasileirão Feminino A-1

Com os três pontos somados fora de casa, as santistas asseguraram lugar nas quartas de finais da competição.

Santos venceu o Internacional e garantiu vaga na próxima fase do Brasileirão Feminino A-1 Santos venceu o Internacional e garantiu vaga na próxima fase do Brasileirão Feminino A-1
Créditos: Divulgação/Santos

Mais um time está garantido na próxima fase do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino A-1. Nesta quarta-feira (30), a décima segunda rodada da competição foi disputada e o Santos garantiu a vaga nas quartas de finais, já que venceu o Internacional por 2 0 no Sesc Campestre, em Porto Alegre (RS), e chegou aos 30 pontos na tabela, não podendo mais sair da zona de classificação com três jogos restantes para o fim do primeiro turno. Os gols foram de Larissa.

Com o resultado, as Sereias da Vila avançam e chegam a dez vitórias, seguindo na briga contra o Corinthians pela ponta da tabela. Até aqui são 33 gols pró e 7 sofridos em 12 jogos disputados.⁣⁣⁣ Já a atacante Larissa chegou aos 7 gols no torneio. Para o Inter, a derrota afastou na briga pela ponta, já que o time estacionou nos 24 pontos.

O jogo

O Santos começou bem na partida, mas demorou a balançar a rede. Buscando passar pela forte defesa do Internacional, a equipe conseguiu abrir o placar aos 38 minutos do primeiro tempo, quando Larissa chutou colocado e marcou um golaço. Já na etapa final, a partida seguiu equilibrada e com as duas equipes procurando oportunidades, mas a estrela da atacante Larissa brilhou novamente. Aos 64’, já que o duelo sofreu paralisação solicitada pela arbitragem, Thaisinha deu o passe e a artilheira fez o segundo, fechando a vitória em 2 a 0.

Audax vence a segunda e Vitória-BA é rebaixado; Ponte Preta também perde e cai


Audax derrota Vitória-BA e soma três pontos no Brasileirão Feminino A-1 Audax derrota Vitória-BA e soma três pontos no Brasileirão Feminino A-1
Créditos: Divulgação/Audax

O Vitória-BA foi o primeiro rebaixado do Brasileirão Feminino A-1 de 2020. Em uma das partidas das 15h, o Audax recebeu as baianas no Estádio José Liberatti, Osasco (SP), e venceu por 2 a 1, gols de Dani e Renata. Roqueline descontou para as rubro-negras. O resultado confirmou a queda do Leão, já que a equipe não somou pontos ainda e não consegue mais passar o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

O mesmo cenário se repetiu para a Ponte Preta. Sem somar pontos, a Macaca perdeu para o Cruzeiro por 1 a 0 no encerramento do dia e se despediu da primeira divisão com três rodadas de antecedência. Assim como as baianas, o alvinegro tem doze derrotas em doze jogos. O gol Celeste foi marcado por Duda aos 35 minutos do primeiro tempo.

Para o Audax, a vitória manteve viva a esperança de ficar na série A-1, já que o time vai aos 7 pontos, somando duas vitórias, um empate e nove derrotas. Para não cair, o time de Osasco precisa vencer todos os últimos três jogos e torcer por derrotas dos clubes que estão na parte de baixo e fora da zona de classificação para as quartas de finais.

A vitória do Cruzeiro também movimenta a parte de baixo da tabela, já que as mineiras chegam aos 16 pontos e se distanciam das últimas posições. Com esse resultado, são cinco vitórias, um empate e seis derrotas.

Minas Brasília e Iranduba perdem e se complicam na tabela


Corinthians venceu mais uma fora de casa e segue na liderança isolada do Brasileirão Feminino A-1 Corinthians venceu mais uma fora de casa e segue na liderança isolada do Brasileirão Feminino A-1
Créditos: Patricy Albuquerque

Em embate de opostos, o Minas Brasília recebeu o Corinthians no estádio Valmir Bezerra, em Gama (DF), e acabou derrotado por 4 a 1. Os gols alvinegros foram marcados por Giovanna e Victora, cada uma duas vezes, enquanto as brasilienses balançaram a rede com Gabi. O placar mantém o Timão na liderança isolada com 33 pontos e 11 vitórias em 12 partidas. Já as donas da casa estão em situação delicada, já que são as primeiras fora da zona de rebaixamento, com apenas um ponto a mais em relação ao Iranduba.

As manauaras do Iranduba, inclusive, também perderam na rodada. Jogando fora de casa, no estádio Marcelo Portugal, em Cotia (SP), o Hulk não conseguiu superar o São Paulo, complicando a situação na tabela de classificação. O gol tricolor foi marcado por Duda. Para o time paulista, os três pontos às mantém na zona que avança às quartas de finais, com 23 pontos, sete vitórias, dois empates e três derrotas.

Duda marcou o gol que deu a vitória ao São Paulo contra o Iranduba no Brasileirão Feminino A-1 Duda marcou o gol que deu a vitória ao São Paulo contra o Iranduba no Brasileirão Feminino A-1
Créditos: Divulgação/São Paulo

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports