De volta à Ferroviária, Sochor quer seu segundo título do Brasileirão Feminino A-1

De volta à Ferroviária, Sochor quer seu segundo título do Brasileirão Feminino A-1

Atuais campeãs, as Guerreiras Grenás tiveram o reforço da artilheira Patricia Sochor nesta temporada; equipe inicia briga contra o Palmeiras por vaga nas semifinais

Patricia Sochor marcou dois gols na vitória da Ferroviária contra o Palmeiras na primeira fase do Brasileirão Feminino A-1 Patricia Sochor marcou dois gols na vitória da Ferroviária contra o Palmeiras na primeira fase do Brasileirão Feminino A-1
Créditos: Jonatan Dutra/Ferroviária SA

As quartas de finais do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino A-1 começaram e tem duelo de artilheiras chegando. Nesta quarta-feira (28), às 19h30, Palmeiras e Ferroviária se encontram no Allianz Parque, na briga por uma vaga nas semifinais da competição. E se o Palmeiras tem Carla Nunes como esperança de gols, as Guerreiras Grenás depositam suas fichas em Patrícia Sochor. De volta ao clube após passagem em 2016, a atacante é a maior goleadora da equipe no Brasileirão, com 8 gols até aqui.

Ela já havia passado pela Ferroviária em 2016, quando disputou o Brasileirão Feminino antes de fazer uma passagem pela Espanha. Ano passado, a jogadora estava no Santos, onde foi campeã brasileira em 2017, e não participou da conquista do nacional pelas Guerreiras Grenás. O retorno para a equipe de Araraquara passou pela seriedade do projeto, o título vencido pelo clube na última temporada e seus objetivos pessoais.

“Eu fiquei muito feliz em ter a oportunidade de voltar, é uma equipe de muita história e que merece muito respeito no futebol feminino, uma camisa histórica e voltei por isso. Acredito no tamanho do clube, que posso fazer história aqui, ganhar minha primeira Libertadores e defender o título do Brasileirão, que no ano passado foi vencido com muita força e dedicação pelas meninas. Eastou aqui pra ajudar e agregar da melhor forma, dentro e fora de campo”, explicou.

Na primeira fase, a Ferroviária somou 29 pontos em 15 jogos, com nove vitórias, dois empates e quatro derrotas. Ao todo, foram 34 gols marcados e 13 sofridos, terminando na quarta colocação. Sochor analisou o desempenho da Ferroviária como irregular, mas garantiu que a equipe está trabalhando para acertar os detalhes antes da partida decisiva.

“Começamos muito bem antes da pandemia. Infelizmente, depois da parada nós tivemos alguns tropeços para engrenar novamente. Aos poucos fomos retomando nosso espaço e crescendo como grupo, como equipe e colocando isso em prática dentro de campo. No meu ponto de vista, erramos alguns passes bobos e algumas vezes na marcação, mas são coisas que já estávamos consertando. Agora, nesse tempo de ‘pausa’ para o próximo jogo do Brasileirão estamos trabalhando em cima das nossas dificuldades e, sem dúvida, vamos com tudo para a segunda fase”, avaliou a atacante.

Sochor tem 8 gols no Brasileirão Feminino A-1 2020 e é a esperança de gols da Ferroviária Sochor tem 8 gols no Brasileirão Feminino A-1 2020 e é a esperança de gols da Ferroviária
Créditos: Jonatan Dutra/Ferroviária SA

Campeã brasileira em 2017 e jogando pelas atuais detentoras da taça, Patricia Sochor sabe da responsabilidade que é defender um título, mas não se assusta com o peso disso. Para ela, o objetivo é reviver a experiência que teve com o Santos, mas agora defendendo as cores grená.

“Nós somos a equipe a ser batida e temos esse peso, mas carregamos com muito orgulho. A final do ano passado sem dúvida foi histórica, a final que participei com o Santos foi uma das experiências mais incríveis que já tive dentro do futebol. Então, se eu sonho em ter um segundo título? Sem dúvidas! Nós estamos trabalhando pra isso, estou trabalhando também para poder sempre ajudar a equipe da melhor forma. Então nós vamos lutar pelo bicampeonato até o fim”, afirmou Patricia.

Em confronto que promete fortes emoções, a Ferroviária terá a chance de chegar nas semifinais mais uma vez, mas precisará passar por um adversário difícil e que chega com sede de gols. Porém, o retrospecto em 2020 favorece a Ferrinha. Na fase de grupos do Brasileiro, vitória do time de Araraquara por 4 a 1 fora de casa, com dois gols de Sochor. Pelo Paulista, mais um gol da artilheira e nova vitória, desta vez por 2 a 1.

“Nós sabemos que é uma equipe muito forte e qualificada, sabemos que temos duas guerras pela frente. Ter ganho as duas partidas contra elas esse ano foi importante, mas já passou. Agora são novos jogos e a expectativa é de um grande duelo, que vamos com tudo para conseguir nossa vaga na semifinal. Minha contribuição será sempre pensando na equipe, fazer bons jogos, dar meu melhor dentro de campo, seja com gols ou com assistências. O importante é o troféu, e é para isso que estou trabalhando. Artilharia é consequência, vou seguir trabalhando para ajudar minhas companheiras dentro de campo”, concluiu.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports