CBF terá nova divisão para o futebol feminino em 2022

CBF terá nova divisão para o futebol feminino em 2022

Mantendo a política de acelerar o desenvolvimento da modalidade, Campeonato Brasileiro do próximo ano contará com divisões A1, A2 e A3 e movimentará 64 clubes de todo o país.

CBF anuncia a criação do Campeonato Brasileiro Feminino A3 em 2022 CBF anuncia a criação do Campeonato Brasileiro Feminino A3 em 2022
Créditos: Thaís Magalhães

O ano de 2022 será de significativas mudanças para o futebol feminino brasileiro. A CBF anunciou nesta terça-feira (17) a criação de uma nova divisão, trata-se do Campeonato Brasileiro Feminino A-3. A novidade aumentará o número de equipes participantes nas competições nacionais, passando de 52 para 64, divididos entre as três séries. 

A criação de uma nova competição é mais um passo no contínuo trabalho de fomento do futebol feminino no Brasil, que a partir de 2022 contará com quatro campeonatos adultos - o Brasileiro Feminino A-1, A-2, A-3 e a SuperCopa do Brasil. Assim como, as três competições de base - o Brasileiro Feminino Sub-18, o Sub-16 e a Liga de Desenvolvimento Conmebol Sub-16 e Sub-14. 

"Vivemos um momento de muita maturidade das competições adultas femininas, com o aumento da competitividade entre os clubes e uma visibilidade cada dia maior. Permitindo que novas equipes ingressem no circuito nacional de competições, a divisão A-3 ajudará muito no aumento do mercado de trabalho para as atletas, além de incentivar o fortalecimento das categorias de base dos clubes, que ganham um calendário maior e mais estruturado", destaca Aline Pellegrino, Coordenadora de Competições Femininas da CBF.

As três divisões do Campeonato Brasileiro Feminino representarão um salto de qualidade e quantidade de equipes no cenário nacional. A novidade também modificará o formato de disputa da série A-2 que acompanhará a divisão de elite, que conta desde 2018, com um calendário fixo com 16 equipes disputando o título nacional. 

Formato Democrático

O Campeonato Brasileiro Feminino A-3 contará com um novo critério para a classificação dos clubes. Com um formato democrático, a competição terá representantes de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal. Desta forma, serão os 27 campeões estaduais, somados aos 4 clubes melhores posicionados no Ranking Nacional de Clubes de Futebol Masculino de 2022 e 1 clube da federação melhor posicionada no Ranking Nacional de Federações de Futebol Feminino de 2022. 

Caso a equipe campeã estadual na temporada de 2021 já esteja classificada para a disputa do Campeonato Brasileiro Feminino A-1 ou A-2 de 2022, sua substituição se dará seguindo a ordem de classificação final do estadual que originou a vaga. No caso de desistência dos clubes classificados pelo Ranking Nacional de Clubes de Futebol Masculino de 2022, sua substituição se dará seguindo a classificação deste mesmo ranking.

Brasileiro Feminino A-1 e A-2 com calendários fixos

Atualmente com 36 participantes, o Brasileiro Feminino A-2 será remodelado, e passará a contar com 16 clubes em 2022. Na próxima temporada estarão classificados, os quatro rebaixados da A-1 2021 e as equipes que se classificarem para as oitavas de final da A-2 2021 (5° ao 16° colocados). Com a mudança, os times terão um calendário fixo a partir da próxima temporada, com a alternância apenas das equipes promovidas e rebaixadas entre as divisões nacionais. 

Principal competição do calendário de futebol feminino, o Campeonato Brasileiro Feminino A-1 manterá o seu formato competitivo. A elite do futebol feminino seguirá com 16 integrantes em 2022, contando com os doze melhores colocados em 2021, além dos quatro clubes promovidos da Série A-2 2021. Em sua nona edição, a competição foi a primeira a ver a bola rolar em 2021 e atualmente está na disputa da nona rodada. 

Como ficará a partir de 2022

Campeonato Brasileiro Feminino A-1

16 Clubes Participantes

- (12) remanescentes do Brasileiro Feminino A-1 2021

- (4) clubes oriundos do Brasileiro Feminino A-2 2021;


Formato: Grupo único em turno único, onde todos os clubes se enfrentam. Avançam para a 2ª fase os 8 melhores colocados, que jogam em sistema eliminatório, em ida e volta, até a final.


Campeonato Brasileiro Feminino A-2
16 Clubes Participantes
- (12) clubes classificados para as oitavas de final do Brasileiro Feminino A-2 2021;
- (4) clubes oriundos do Brasileiro Feminino A-1 2020;

Formato: 4 grupos de 4 clubes, jogam entre si em dois turnos. Avançam para a 2ª Fase os 8 melhores colocados (2 primeiros de cada grupo), que jogam em sistema eliminatório, em ida e volta, até a final.

Campeonato Brasileiro Feminino A-3
32 Clubes Participantes
- (27) campeões estaduais na modalidade em 2020/21;
- (4) clubes oriundos do Ranking Nacional de Clubes 2022 (Masculino);
- (1) clubes oriundo do Ranking Nacional de Federações de Futebol Feminino de 2022; 

Formato: Primeira fase com jogos de ida e volta, caso no primeiro duelo a equipe não perca de 3 a 0. Avançam para a 2ª Fase as 16 equipes vitoriosas no duelo, que jogam em sistema eliminatório, em ida e volta, até a final.

 

 

 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Guaraná Antártica VIVO Itaú Mastercard Voe GOL CIMED Semp TCL FIAT Pague Menos Café 3 Corações Techno Gym Stat Sports Kin Analytics