Brasileirão Feminino A-1: Tudo que você precisa saber sobre a temporada 2020

Brasileirão Feminino A-1: Tudo que você precisa saber sobre a temporada 2020

Quem será o melhor time do ano desta vez? Neste sábado (7), 16 clubes iniciam a briga pelo título brasileiro

Final do Campeonato Brasileiro Feminino A-1 Corinthians x Ferroviária Final do Campeonato Brasileiro Feminino A-1 Corinthians x Ferroviária
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O Campeonato Brasileiro Feminino A-1 de 2020 está batendo na porta. A partir deste sábado (8), os dezesseis times participantes iniciam a batalha pela taça da competição, que chega em sua oitava edição e tem promessa de grandes jogos, clássicos emocionantes e muitas histórias. Confira tudo o que você precisa saber sobre o torneio:

Times participantes


Assim como na última edição, 16 times estão na briga pelo título do Brasileirão Feminino A-1. Corinthians-SP, Santos-SP, Flamengo-RJ, Vitória-BA, Ponte Preta-SP, Ferroviária-SP, São José-SP, Avaí/Kindermann-SC, Iranduba-AM, Audax-SP, Minas ICESP-DF e Internacional-RS seguem na primeira divisão, enquanto São Paulo-SP, Palmeiras-SP, Cruzeiro-MG e Grêmio-RS subiram no ano passado da série A-2.

Transmissões


Reforçando sempre o compromisso com o torcedor brasileiro e o futebol feminino, a CBF terá mais um canal de transmissões para a A-1 e com uma novidade. A partir deste ano, todos os jogos da temporada terão transmissão ao vivo.

A Band e o Twitter detém os direitos de transmissão e a prioridade de escolha das partidas. Os demais jogos da rodada terão transmissão exclusiva no site da CBF em parceria com o Mycujoo.

Os campeões


Atual campeã do Brasileiro Feminino, a Ferroviária é o único clube com dois títulos da competição, um conquistado em 2014 e o outro em 2019. Em sete edições disputadas, os outros vencedores foram Centro Olímpico-SP (2013), Rio Preto-SP (2015), Flamengo (2016), Santos (2017) e Corinthians (2018).

Final do Campeonato Brasileiro Feminino A-1 Corinthians x Ferroviária Final do Campeonato Brasileiro Feminino A-1 Corinthians x Ferroviária
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Artilharia afiada


A grande artilheira do Brasileirão de 2019 foi Millene, eleita craque da competição e melhor atacante. A jogadora do Corinthians marcou 19 gols. Em seguida, Glaucia fez 14 gols pelo Santos, enquanto Larissa anotou 11 vezes vestindo a camisa do Flamengo. Completando a lista de maiores artilheiras do torneio, Raíza, do Flamengo, e Gabi Nunes, do Corinthians, fizeram 9 gols cada.

Sistema de disputa


A competição ganhou novos moldes para o ano de 2019. Antes, os 16 clubes eram divididos em dois grupos de oito cada. Agora, todas as equipes integram uma mesma chave. Os oito melhores colocados se classificam à segunda fase, quando serão disputadas em formato de mata-mata, iniciando pela quartas de final. A partir dessa etapa, os classificados serão definidos em jogos de ida e volta.

Mandos de campo


Os times com melhor classificação na última temporada tem o direito de disputar mais partidas em casa, sendo oito em casa e sete fora. Na terceira e quarta fases (semifinal e final), a definição dos mandos de campo dos duelos de volta atende a três critérios: maior número de pontos ganhos em toda a competição (soma das fases); maior número de vitórias em toda a competição (soma das fases) e maior saldo de gols em toda a competição (soma das fases). Se mesmo após todos os critérios, os clubes permanecerem empatados, o mando será definido através de sorteio.

 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports