Flamengo e Internacional saem em vantagem nas semifinais do Brasileiro Feminino Sub-20

Flamengo e Internacional saem em vantagem nas semifinais do Brasileiro Feminino Sub-20

No primeiro confronto, disputado nesta quinta-feira (02), o Rubro-Negro venceu o Tricolor por 3 a 1. Do outro lado, no clássico Gre-Nal, o Imortal foi goleado por 4 a 0 pelo Colorado.

Flamengo conseguiu boa vantagem no Rio de Janeiro Flamengo conseguiu boa vantagem no Rio de Janeiro
Créditos: Nayra Halm / Staff Images Woman / CBF

Com oito gols, os dois primeiros jogos da semifinal do Campeonato Brasileiro Feminino Sub-20 se encerraram com vantagem para Flamengo, que derrotou o São Paulo por 3 a 1, e Internacional, que venceu o clássico Gre-Nal por 4 a 0. Os confrontos da ida aconteceram nesta quinta-feira (2). No dia 9, as equipes se enfrentam novamente, às 15h, para o duelo da volta. Dessa vez, as Meninas da Gávea visitarão o Tricolor, enquanto o Colorado receberá o Imortal. Quem avançar estará na grande final. 

Confira como foram os confrontos!

Flamengo 3 x 1 São Paulo


Jogando em casa, as Meninas da Gávea viram o São Paulo abrir o placar. Aos 26 minutos do primeiro tempo, Isa aproveitou rebote para colocar a equipe paulista na frente. O Tricolor ainda teve chances de aumentar o placar com Duda, que driblou a goleira, mas foi travada pela marcação rubro-negra. 

Depois do intervalo, o Flamengo voltou pressionando. E não demorou muito para que a bola entrasse na baliza defendida por Marcelle. Aos 13 minutos, Ingrid cobrou escanteio e Núbia subiu para cabecear, deixando tudo igual na Gávea. Pouco tempo depois, aos 23, Duda Rodrigues foi à linha de fundo e cruzou para Gica. A artilheira dominou, girou e chutou no cantinho para virar o placar. E ainda deu tempo de aumentar a vantagem carioca. Kaylane, aos 31, recebeu na área, fez o pivô e serviu a camisa 11, que havia dado o passe para o segundo gol. Dessa vez, foi ela quem marcou em uma finalização rasteira.

A artilheira Gica marcou o gol da virada da equipe rubro-negra A artilheira Gica marcou o gol da virada da equipe rubro-negra
Créditos: Nayra Halm / Staff Images Woman / CBF

Grêmio 0 x 4 Internacional


No clássico Gre-Nal, o Internacional conquistou uma grande vantagem ao golear o Grêmio por 4 a 0. Assim como no outro confronto da semifinal, o placar foi aberto cedo. A diferença é que, com apenas cinco minutos de bola rolando, Luany bloqueou voleio de Biazinha com a mão e recebeu o segundo cartão amarelo, deixando o Imortal com uma jogadora a menos. Da entrada da área, Mai cobrou a falta com maestria e colocou a bola onde a coruja dorme.

A partir daí, a partida foi dominada pelo Colorado. Tanto que, aos 11, Mileninha deixou Iasmin na boa para marcar. A centroavante não desperdiçou e, de cobertura, marcou mais um lindo gol para o Inter, ampliando a vantagem.

Além da assistência, Mileninha também buscava guardar o dela. E conseguiu, aos 26, aproveitando cruzamento rasteiro de Tamara. A camisa 10 e capitã colorada, com o gol vazio à frente, fez o terceiro gol do Inter. Antes do fim da primeira etapa, Mari Zanella ainda foi expulsa, deixando as duas equipes com 10 jogadoras em campo.

O segundo tempo começou com ainda mais pressão colorada, mas a goleira do Imortal, Iasmin, fazia de tudo para não deixar os rivais aumentarem o placar. Coube a Teté, que entrou no lugar de Mileninha, furar o bloqueio tricolor. A camisa 14 recebeu lançamento de Carol Gil, avançou e, de cara com a arqueira, finalizou forte e correu para o abraço.

Com gol e assistência, Mileninha foi decisiva no clássico gaúcho Com gol e assistência, Mileninha foi decisiva no clássico gaúcho
Créditos: Marcelo Oliveira / CBF

 

 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro