Confira tudo que rolou na Fase Final do e-Brasileirão 2020

Confira tudo que rolou na Fase Final do e-Brasileirão 2020

Ao todo, foram disputados 24 jogos na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Após o final das disputas, GuiFera, do Santos, saiu vitorioso e se tornou o grande campeão do e-Brasileirão 2020.

E-Brasileirão 2020 E-Brasileirão 2020
Créditos: Thais Magalhães/CBF

A edição de 2020 do e-Brasileirão foi para a conta. Neste sábado (12), diretamente da sede da CBF, no Rio de Janeiro, a bola rolou nos gramados virtuais da maior competição de futebol online do país. Ao todo, foram disputadas 24 partidas ao longo do dia. Após inúmeros confrontos de tirar o fôlego, GuiFera, representante do Santos, se sagrou o grande campeão desta temporada e levou para a casa o troféu do torneio e a quantia de R$ 20 mil. Esta foi a segunda conquista do player paulista, que já havia sido o vencedor do campeonato em 2016.

As atividades começaram oficialmente às 9h25, quando foi disputada a 19ª e última rodada da fase dos pontos corridos. Os confrontos definiram os últimos classificados para a fase de mata-mata do campeonato. As Quartas de Final, assim como os dez jogos que abriram o dia, foram transmitidos ao vivo pela CBF TV, em parceria com o MyCujoo. Já as Semifinais e a Final contaram com transmissão do canal Sportv. 

Recorde de Inscritos e Novo Formato

O e-Brasileirão foi ampliado em 2020. Com suas três primeiras fases realizadas de forma totalmente online, por conta da pandemia de covid-19, a competição cresceu e bateu seu recorde de inscritos. Ao todo, foram 37.743 jogadores cadastrados para disputar as vagas de representantes de seus clubes do coração – superando a marca de 24.397 da edição anterior.

Além do sucesso de alcance, a edição de 2020 do e-Brasileirão também ficou marcada por estrear o novo formato de pontos corridos, a fim de emular cada vez mais a disputa do Brasileirão Assaí. Após definidos os 20 representantes de cada clube da Série A, os campeões se enfrentaram ao longo de 19 rodadas em busca das oito melhores colocações, que os credenciavam para a Fase Quartas de Final.

Nos anos anteriores, antes desse formato de pontos corridos estrear, os 20 representantes de cada clube eram divididos em 4 grupos de 5. Os 2 melhores jogadores de cada grupo avançavam e faziam as quartas de final em estilo mata-mata.

19ª Rodada e os últimos classificados

Após as 18 primeiras rodadas de pontos corridos, já estavam classificados os representantes de: Ceará, Flamengo, Botafogo, Santos e Internacional. Com três vagas em disputa, os campeões de Atlético-MG, Fortaleza, Grêmio, Sport Recife e Palmeiras ainda chegaram com chances nos duelos presenciais na sede da CBF. Após os dez confrontos válidos pela 19ª rodada, Joel Melo, do Leão do Pici, Pedro Mário, do Tricolor Gaúcho e Vitor Araujo Abdalla, do Galo, conseguiram avançar de fase e completaram a lista do componentes das Quartas de Final.

Flamengo 1 x 0 São Paulo
Botafogo 1 x 1 Ceará
Palmeiras 0 x 4 Atlético-MG
Santos 3 x 0 Bahia
Corinthians 2 x 6 Internacional
Grêmio 3 x 0 Red Bull Bragantino
Sport 3 x 3 Athletico Paranaense
Coritiba 1 x 4 Atlético-GO
Fortaleza 1 x 1 Fluminense
Goiás 1 x 0 Vasco da Gama

Quartas de Final

Os oito melhores colocados avançaram para o mata-mata. Nas Quartas de Final, o 1º colocado da fase de pontos corridos encara o 8º. O 2º lugar encara o 7º, e assim sucessivamente. Desta forma, os confrontos foram definidos desta forma: Ceará (1º) x Fortaleza (8º), Flamengo (2º) x Grêmio (7º), Santos (3º) x Atlético-MG (6º) e Internacional (4º) x Botafogo (5º).

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por e-Brasileirão (@ebrasileirao)

 

O primeiro confronto a ser decidido foi Ceará x Fortaleza. Em dois confrontos de tirar o fôlego, digno de um Clássico-Rei, o Leão do Pici prevaleceu no placar agregado: 3x2. No jogo de ida, o equilíbrio prevaleceu e Joel Melo e João Victor Lopes empataram em 1 a 1. Na partida de volta, a disputa estava novamente empatada em 1 a 1. Mas nos últimos minutos o representante do Fortaleza marcou e deu números finais ao duelo: 2 a 1.

E-Brasileirão 2020 E-Brasileirão 2020
Créditos: Thais Magalhães/CBF

O segundo embate da Fase Quartas de Final foi ainda mais emocionante. Após dois jogos disputadíssimos, Internacional e Botafogo empataram no placar agregado: 4 a 4. Com o resultado, a decisão foi para as penalidades máximas. Nos pênaltis, melhor para Eduardo Spek, representante do Glorioso, que venceu por 3 a 2 e avançou para as semifinais.

E-Brasileirão 2020 E-Brasileirão 2020
Créditos: Thais Magalhães/CBF

O terceiro classificado saiu do duelo entre Flamengo x Grêmio. Após empate de seis gols em um primeiro primeiro jogo movimentado, Alan Leal e Pedro Mário Zogbi foram para a partida de volta em pé igualdade. No confronto decisivo, melhor para o Imortal, que venceu o Rubro-Negro por 2 a 1 e conquistou a vaga nas semifinais pelo placar agregado de 5 a 4.

E-Brasileirão 2020 E-Brasileirão 2020
Créditos: Thais Magalhães/CBF

O último duelo das Quartas de Final contou com o placar mais elástico dessa fase, quando Santos e Atlético-MG mediram forças. Melhor para Guilherme Fonseca, o GuiFera, que venceu as duas partidas e encaminhou o Peixe para a semifinal com o placar agregado de 7 a 2 diante do Galo, de Abdalla.

E-Brasileirão 2020 E-Brasileirão 2020
Créditos: Thais Magalhães/CBF


Ida

Ceará 1 x 1 Fortaleza
Flamengo 3 x 3 Grêmio
Santos 5 x 2 Atlético-MG
Internacional 1 x 2 Botafogo

Volta
Ceará 1 x 2 Fortaleza
Flamengo 1 x 2 Grêmio
Santos 2 x 0 Atlético-MG
Internacional 3 x 2 Botafogo

Semifinal

A reta final pegou fogo! Os quatro players classificados travaram confrontos de alto nível. Pela fase semifinal, que foi transmitida pelo Sportv, os duelos ficaram dessa maneira: Botafogo, de Eduardo Spek, x Fortaleza, do jogador Joel Melo, e Santos, de Guifera, x Grêmio, representado por Pedro Mário.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por e-Brasileirão (@ebrasileirao)

 

A primeira semifinal foi protagonizada por Botafogo e Fortaleza. No confronto de ida, Joel impôs um forte ritmo de jogo e conseguiu a vitória por 3 a 1 para o Leão do Pici. Na partida de volta, mais truncada, não houve mudança no placar. Com o 0 a 0, o representante do Fortaleza se tornou o primeiro finalista da edição de 2020. A façanha de Joel foi conquistada pela segunda vez consecutiva - em 2019 o jogador também avançou até a final, quando acabou superado por Thiago Avaré, do São Paulo.

E-Brasileirão 2020 E-Brasileirão 2020
Créditos: Thais Magalhães/CBF

O último finalista saiu do embate entre Santos e Grêmio. E o duelo não poderia ter sido mais eletrizante. Após vitória de GuiFera por 3 a 2 no jogo de ida, Pedro Mário, o 'Salsa', deixou tudo igual no placar agregado ao vencer o confronto de volta por 1 a 0. Desta forma, o Peixe e o Imortal definiram a vaga na final nos pênaltis. Nas penalidades máximas, melhor para o Alvinegro Paulista, que venceu por 3 a 1.

E-Brasileirão 2020 E-Brasileirão 2020
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Ida
Botafogo 1 x 3 Fortaleza
Santos 3 x 2 Grêmio

Volta
Botafogo 0 x 0 Fortaleza
Santos 0 x 1 Grêmio

Final

A grande final do e-Brasileirão 2020 reuniu dois players mais do que habituados com a competição. De um lado, GuiFera, do Santos, primeiro campeão do torneio, em 2016. Do outro lado, Joel, o 'SapoMito', vice-campeão da edição de 2019.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por e-Brasileirão (@ebrasileirao)


No confronto de ida, Guifera se superou e, mesmo com um jogador a menos em boa parte da disputa, venceu por 2 a 0 e abriu bela vantagem a favor do Peixe. No embate decisivo, nova vitória do Alvinegro, desta vez, por 3 a 1. O placar agregado de 5 a 1 consagrou o Santos, de GuiFera, como o grande campeão do e-Brasileirão 2020. 

Ida

Santos 2 x 0 Fortaleza

Volta
Santos 3 x 1 Fortaleza

E-Brasileirão 2020 E-Brasileirão 2020
Créditos: Thais Magalhães/CBF

 

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro NIKE GUARANÁ ANTÁRTICA VIVO ITAÚ MASTERCARD GOL CIMED SEMP TCL FIAT PAGUE MENOS 3 CORAÇÕES TECHNOGYM STAT SPORTS