Internacional e Grêmio abrem final do Brasileiro de Aspirantes

Internacional e Grêmio abrem final do Brasileiro de Aspirantes

No Beira Rio, rivais gaúchos começam a fazer a decisão do torneio nacional que reúne equipes de transição dos principais times do país

Internacional e Grêmio duelam pelo Brasileirão de Aspirantes

Créditos: CBF

Há quem diga que toda vez que Internacional e Grêmio se enfrentam, um campeonato à parte é disputado. Nesta segunda-feira, no entanto, uma taça de fato estará em jogo. No Beira Rio, em Porto Alegre, os dois rivais gaúchos se enfrentam pelo jogo de ida da final do Brasileirão de Aspirantes. A bola rola às 18h no estádio do Inter.

O torneio reúne as chamadas equipes de transição dos dois clubes. Como tem um limite sub-23, a competição acolhe jogadores que podem já ter estourado a idade para outros campeonatos de base ou servir puramente como trampolim para o profissional.

Na partida de ida, o Grêmio não contará com seu principal jogador no Brasileirão de Aspirantes. Artilheiro isolado do torneio, com 11 gols, o atacante Ferreira está suspenso e não estará em campo. Mas em seu elenco, o Tricolor conta com vários atletas que já tiveram, pelo menos, alguma experiência com os profissionais.

Entre eles, há até atletas que já vestiram a camisa da Seleção Brasileira nas categorias de base, como o meia Victor Bobsin e o goleiro Phelipe. O arqueiro, inclusive, será um dos "reforços" que o Grêmio terá do elenco profissional para esta partida.

Do lado do Internacional, além da força da torcida, uma das apostas para o jogo desta segunda é o atacante Netto. Tratado como um dos jogadores mais velozes do clube, ele brilhou no último confronto entre as duas equipes. Durante a parada para a Copa América, Inter e Grêmio se enfrentaram na Morada dos Quero-Queros, em Porto Alegre, pela primeira fase do Brasileiro de Aspirantes. Com dois gols de Netto, o Colorado venceu por 2 a 1 de virada.

Apesar do triunfo no confronto direto, o Inter tem uma campanha significativamente pior do que a do Grêmio. O Tricolor ganhou mais, perdeu menos, fez mais gols, foi menos vazado e pontuou mais do que o rival.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro